quarta-feira, 24 de março de 2021

Governo aditiva contratos para fornecimento de oxigênio no MA


 

O secretário de Estado da Saúde do Maranhão, Carlos Lula, revelou nesta semana ao Ministério Público do Maranhão (MPMA) que o governo decidiu aditivar em 25% todos os contratos de fornecimento de oxigênio líquido.

Essas contratações ocorrem por estimativa de uso.

Além disso, informou ele, será aberto um processo para novo registro de preço para todas as unidades de saúde do estado e realizada a abertura de processo emergencial.

As medidas decorrem do que próprio Lula classificou como “situação grave”: com a alta demanda por leitos e oxigênio, em virtude do aumento do número de casos da Covid-19 no Maranhão, há temos de que falte do insumo nas unidades.

O prefeito de São Bernardo, João Igor Carvalho, confirmou a informação: segundo ele, em algumas localidades já falta oxigênio.

Paulo Baraúna, representante da empresa White Martins, multinacional brasileira do ramo de fabricação de gases industriais e medicinais, disse que a situação no estado, embora ainda não seja desesperadora, é preocupante. Segundo o executivo, o volume de oxigênio que está sendo consumido nesta segunda onda da pandemia da Covid é bem maior do que o da primeira onda, no ano passado.

0 comentários:

Postar um comentário

CUIDE DO SEU SORRISO

CUIDE DO SEU SORRISO

Internet de Qualidade