terça-feira, 17 de setembro de 2019


Na delegacia, Adenilson Lopes Vitor também estava com um mandado de prisão por não pagar pensão alimentícia.


Vice-prefeito de Poção de Pedras, Adenilson Lopes Vitor foi preso por receptação de celular roubado e por não pagar pensão alimentícia — Foto: Arquivo Pessoal

Policiais da 14ª Delegacia Regional de Pedreiras prenderam o vice-prefeito de Poção de Pedras, Adenilson Lopes Vitor. Ele estava com um celular que havia sido furtado na cidade de Trizidela do Vale/MA, no dia 28 de junho.

Segundo a polícia, em depoimento, Adenilson confessou ter adquirido o celular de um vendedor, mas não soube dizer quem era. O aparelho foi recuperado e deverá ser devolvido ao proprietário.

Celular roubado que estava com Adenilson, vice-prefeito de Poção de Pedras — Foto: Divulgação/Polícia Civil
Além disso, na delegacia, a polícia descobriu um mandado de prisão contra o vice-prefeito por não pagar pensão alimentícia. Após ser preso na última sexta-feira (13), Adenilson foi solto um dia depois, após comprovar o pagamento da pensão.

G1 MA


Foto Arquivo

A gestão do prefeito Sissi Viana iniciará, esta semana, os trabalhos de reestruturação dos sistemas de abastecimentos d´água dos bairros Santa Maria e Aviação, no município de Godofredo Viana. 

A ação ampliará e otimizará a rede de distribuição, beneficiando diretamente centenas de moradores com água de qualidade. 

No Santa Maria, os serviços terão início nesta terça-feira (17) com a recuperação do poço artesiano e interligação da rede de distribuição. 

Já na Aviação, serão perfurados novos poços artesianos e ampliado o sistema de abastecimento já existente. 

“Trata-se de uma obra que resolverá, em definitivo, o problema nestas duas localidades. Na Aviação, por exemplo, esta situação já se prolonga por cerca de dez anos. Estamos investindo na saúde da população, utilizando os recursos para melhorar a qualidade de vida dos godofredenses”, explicou Sissi Viana, acrescentando que, após a perfuração dos poços, a Prefeitura fará a interligação da rede de abastecimento.
segunda-feira, 16 de setembro de 2019


Após suspeita de aplicar golpes financeiros que podem chegar a R$ 1 milhão, foi preso nesta segunda-feira (16) em Teresina-PI um homem identificado como Gilberto Maiony Lima Torres, 31 anos. Ele foi capturado durante uma força tarefa de segurança e já teria aplicado golpes no Piauí e Maranhão.


A prisão preventiva de Maiony se deu depois de suspeita de envolvimento em fraude de financiamento de veículos. No momento da prisão, foram apreendidas folhas de cheque e faturas de consórcio que apontaram indícios de outras fraudes a bancos. O preso foi encaminhado à Central de Flagrantes.

“A prisão dele fecha o inquérito que já estava em aberto e com os documentos que foram apreendidos hoje abrimos uma nova investigação. Apreendemos 35 folhas de cheque, 24 faturas de consórcio de vários veículos, três celulares e uma agenda”, informou o delegado Jonys Guerra, da Delegacia Especializada de Crimes Contra a Ordem Tributária, Econômica e Contra as Relações de Consumo (Deccoterc).

De acordo com o delegado, o suspeito usava um laranja para financiar os veículos. “Os consórcios são falsos, são da cidade de Viçosa (CE) e no caso ele tentava sacar aqui. O carro que apreendemos com ele no momento da prisão era financiado no nome de um rapaz de Brasileira (PI)”, completou Jonys.

O suspeito foi abordado em uma barreira policial quando conduzia um veículo acompanhado de sua namorada e da sogra. A polícia disse que Gilberto teria trocado tiros com policiais na semana passada próximo à Nova Ceasa. “Ele estava foragido desde junho. 

Do Cidade Verde.

Moradores do longínquo município de Carutapera, inconformados com a possibilidade de o Governo do Estado fechar o Hospital Regional situado naquela cidade maranhense, resolveram protestar na manhã deste sábado (14), em frente à casa de saúde.

O sinal de alerta foi dado, quando alguns servidores terceirizados do Hospital de Carutapera foram demitidos. Para os manifestantes isso seria um passo para a interrupção dos trabalhos na casa de saúde que atende toda a região.

Logo após a ‘manifestação popular’, o governo contra-atacou com a apresentação da comédia ‘Pão com Ovo’. O espetáculo, realizado na noite deste sábado em praça pública de Carutapera, alcançou seu objetivo e arrancou gargalhadas de quem assistiu o evento na base do 0800.
FOTO: Reprodução

A Polícia Civil do Maranhão, por meio do plantão especializado da Mulher de São Luís, prendeu, no início da noite de ontem (15), o ex prefeito de Santa Luzia do Tide, Ilzemar Oliveira Dutra. Ele foi autuado em flagrante no plantão da Casa da Mulher Brasileira, em São Luís, pela prática do crime de estupro de vulnerável.

A denúncia foi registrada por familiares, eles informaram que o ex-prefeito teria cometido o crime de estupro contra uma criança de 3 anos.

Depois de ouvir depoimentos da mãe da criança e de testemunhas que presenciaram a menor relatar o caso para a mãe, o ex-prefeito acabou sendo preso em flagrante delito.

Os autos serão encaminhados para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DPCA), que concluirá o caso, e a criança será assistida por uma equipe multiprofissional do Centro de Perícia Técnica Especializada que funciona na DPCA.

Ilzemar Oliveira Dutra foi encaminhado ao centro de triagem onde ficará à disposição da justiça.


Quando o consumidor não consegue pagar suas dívidas, as empresas acabam incluindo o nome dos devedores em órgãos de proteção ao crédito, como o SPC e SERASA. Com isso, o consumidor não consegue fazer diversas transações financeiras, como solicitar cartão de crédito, realizar compras a prazo, fazer empréstimos pessoais, entre outras.

Segundo o art. 43, § 1° do Código de Defesa do Consumidor, o período máximo de permanência do nome do devedor em cadastro de órgãos de restrição ao crédito é de 5 anos. Esse prazo começa a contar a partir da data em que a dívida venceu, independentemente da data da inscrição no cadastro de inadimplentes.

Se o período de 5 anos passou e a dívida permanece nos cadastros dos órgãos de proteção ao crédito, deve-se entrar em contato com essas entidades pedindo a regularização. Além disso, o consumidor pode formalizar uma reclamação por meio do app, site ou uma das unidades físicas de atendimento do PROCON/MA.

Para o chefe da Assessoria Jurídica do PROCON/MA, Marcos Lima, é importante que o consumidor negocie a dívida com o credor, pois embora o nome seja excluído do registro em 5 anos, as dívidas continuarão existindo e podem ser cobradas pelas empresas. “Assim que o débito é pago efetivamente ou negociado, os dados do consumidor devem ser retirados dos cadastros dos órgãos de proteção ao crédito em até 5 dias após a compensação do pagamento da primeira parcela do acordo ou quitação da dívida, em analogia ao que prevê o art. 43, § 3, do CDC ”, completa ele.


Atendendo à solicitação dos candidatos aprovados no concurso da Agência Estadual de defesa Agropecuária do Maranhão – AGED, o deputado estadual Wellington do Curso solicitou, por meio de requerimento, explicações do governo e da agência sobre as contratações de terceirizados ao invés de nomear os candidatos que já foram aprovados em concurso público, bem como, a lista atualizada de todos os terceirizados e cronograma de nomeação para os candidatos aprovados no último concurso público realizado. O requerimento foi aprovado pela Assembleia Legislativa e a AGED deverá encaminhar as informações solicitadas pelo deputado.

Ao justificar a solicitação, Wellington destacou que, atualmente, na AGED, Wellington destacou que terceirizados estão exercendo a atividade fim da autarquia, ou seja, a fiscalização, funções exclusivas de servidores públicos concursados. Além disso, destacou a sentença da 5° vara do trabalho de São Luís sobre ação civil pública movida pelo Ministério Público do Trabalho, tendo julgado procedente o pedido para que a AGED e o Estado do Maranhão suspendam imediatamente a contratação de trabalhadores mediante terceirização, bem como a extinção desses contratos e pagamento de indenização a título de danos morais coletivos. Além do requerimento, o parlamentar destacou que também irá acionar o Ministério Público por meio de representação para que sejam tomadas as devidas providências diante das ilegalidades nas contratações.


“Na Assembleia Legislativa, fazemos a defesa dos aprovados em concurso público desde o início do nosso mandato. Agora, não é diferente, com os aprovados no concurso da AGED. No entanto, apesar da existência de um concurso vigente e da existência de previsão orçamentária, o Governo do Estado e a AGED contratam terceirizados para exercerem funções de concursados. Diante disso, solicitamos ao governo a lista atualizada de todos os terceirizados e esclarecimentos sobre a não convocação dos aprovados no concurso. Além disso, também solicitamos que o Governo do Estado disponibilize um cronograma para nomeação dos candidatos que foram aprovados no certame. Como deputado estadual não tenho atribuição de nomear servidores, mas irei cobrar que Flávio Dino respeite os concursados do Maranhão e efetue as nomeações. Além disso, também irei acionar o Ministério Público Estadual para apurar e tomar as devidas providências diante das contratações ilegais em detrimento dos candidatos já aprovados em concurso público. Concursados do Maranhão, contem conosco!” afirmou o professor e deputado Wellington.

Uma mulher identificada como Dayara Maia Ferreira, 25 anos,foi espancada e morta com um tiro na cabeça, na tarde deste domingo (15),na cidade de Estreito,a 756 km de São Luis.

O crime foi praticado por Wilson de Sousa Marinho, esposo de Dayara. Ele espancou a mulher com um pedaço de madeira. 

Depois de desmaiar, Wilson efetuou um disparo na cabeça dela na frente do filho de 7 anos. 

O crime bárbaro que chocou principalmente as comunidades de Estreito e São João do Paraíso aconteceu próximo aos Assentamentos Altamira e Bom Jesus, no município de Estreito. Segundo informações de parentes da vitima o assassino fugiu e até o momento,não foi localizado pela policia.

O sarampo é uma doença infecciosa aguda, viral e altamente contagiosa. A única maneira de se proteger é a vacina.


Imagem Ilustrativa.
Mais um caso de sarampo foi registrado no estado do Maranhão. Dessa vez, uma criança de sete meses sem histórico de vacina, na cidade de Caxias. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES), as ações de bloqueio, com imunização dos contatos diretos já foram adotadas.

Os três primeiros casos confirmados da doença foram registrados em Vitorino Freire, uma mulher de 40 anos, vinda de São Paulo; em Lago da Pedra, um bebê de 8 meses; e em São Luís, um homem de 33 anos, vindo de Santos (SP). Em todos os casos, as pessoas não eram vacinadas.

O sarampo é uma doença infecciosa aguda, viral e altamente contagiosa. A única maneira de se proteger é a vacina.

VACINAÇÃO

Crianças com idade entre 6 meses e 11 meses e 29 dias devem receber a dose zero; é preciso, ainda, completar o esquema com as outras duas doses de rotina, sendo uma dose aos 12 meses (tríplice viral) e outra aos 15 meses (a tetra viral).

MA10
domingo, 15 de setembro de 2019


Autoridades participaram de uma reunião entre os representantes do Executivo e Legislativo com a comitiva do IBGE, afim de se organizarem para o inicio do censo 2020.

A operação consistirá na obtenção de informações precisas na atualização dos dados da comunidade local para o Censo 2020.

Vereadores, Secretários, lideranças comunitárias e a Prefeita Ivone, participaram dessa Reunião de Planejamento e Acompanhamento do Censo.

Alguns mapas municipais auxiliarão na coleta de informações e é claro, haverá a necessidade de apoio para o posto de coleta, recenseadores e supervisores que estarão a disposição para o inicio dos trabalhos para o próximo Censo Demográfico 2020.



Uma manifestação na manhã de sábado (14), contra o fechamento do Hospital de Lago dos Rodrigues, reunião centenas de pessoas que percorreram as principais ruas do centro do município de Lago dos Rodrigues em forma de protesto. 

O hospital de responsabilidade do Governo do Estado é atualmente administrado pelo Instituto Vida e Saúde (INVISA). Segundo informações, o sistema de saúde do Governo do Estado está em colapso por falta de recursos sendo este um dos motivos do fechamento. 


O Hospital foi inaugurado em 23 de junho de 2010 no governo da ex Governadora Roseana Sarney. “O Hospital Geral de Lago dos Rodrigues foi construído para servir a região com serviços ambulatoriais, urgência, emergência, cirurgias, encaminhamentos, nutrição, internações, raio-x, etc, abrangendo cerca de 10 municípios da região”, informou um funcionário.

A maior preocupação da população, é a demissão em massa de dezenas de funcionários, que dependem do emprego para sobreviver.


Felipe de Oliveira Sousa, 25 anos, foi morto com vários tiros, em meio a uma violenta discussão com um professor,identificado como Romenigno Sousa Santos, no Bar da Vanusa na Rua São Benedito em Presidente Médici por volta de meia noite. 

Não foi informado os motivos da discussão entre os dois que resultou no assassinato.

A vítima ainda chegou a ser levado para o Hospital de Governador Nunes Freire, mas, não resistiu aos ferimentos e veio a falecer.



Morreu neste domingo (15), em São Paulo, o cantor português Roberto Leal, de 67 anos. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do Hospital Samaritano, onde o cantor estava internado.

Ele ficou conhecido pela música “Bate o Pé”.

Segundo a assessoria de imprensa do cantor, ele estava internado no hospital desde terça-feira (10), após ter uma reação alérgica a um medicamento que tomou. O cantor vinha há dois anos tratando um câncer.

As causas da morte não foram divulgadas. A assessoria do cantor informou, porém, que, nas últimas horas, ele teve complicações em decorrência de uma insuficiência renal.

Roberto Leal morava na capital paulista há alguns anos. 

Meio Norte
sábado, 14 de setembro de 2019

Uma notícia sobre um possível acidente envolvendo uma VAN que transportava passageiros e que teria sido consumida pelo fogo,vitimando todos os passageiros inclusive o motorista em Bacabeira próximo a cidade de Santa Helena na baixada maranhense é falsa. 

Segundo informações apuradas pelo blog do Neto Weba, nenhum acidente foi registrado na MA-106. Em contato ainda com o Comando da PM e Corpo de Bombeiros da cidade veio a confirmação de que se tratava de uma FAKE NEWS.


A quinta vítima identificada como Ana Lurdes Silva, 20 anos, morreu na manhã deste sábado (14), no Hospital Carlos Macieira. A jovem foi uma das vítimas fatais do acidente ocorrido no último domingo (08) no bairro Jaracaty, em São Luis.  [ Reveja Aqui ]


Ela estava internada na unidade desde o dia do acidente com traumatismo craniano.

Além dela, morreram Carla Correa Diniz, de 40 anos, Thiana Naires Alves Correa, de 32 anos, Luiz Henrique Durans Neto e Maurício Andrey Soares, passageiro do veículo Corolla.

De acordo com a delegada de trânsito, Rosa Nava, a vítima Ana Lurdes Silva estava no veículo que era dirigido por Victor Yan Barros de Araújo, 25 anos, que apresentava sinais de embriaguez.


A Advocacia-Geral da União (AGU), por meio da Procuradoria Federal no Estado do Piauí (PF/PI) e da Procuradoria Federal junto ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (PF/FNDE), conseguiu assegurar a indisponibilidade de bens e ativos financeiros de quase R$ 1 milhão do ex-prefeito de Caxias Humberto Coutinho, morto em 2018.

Ele era acusado de improbidade administrativa por irregularidades na aplicação de recursos repassados através do Programa Nacional de Transporte Escolar – PNATE, a partir do ano de 2012. A indisponibilidade de bens foi requerida pela AGU em Ação Civil Pública por Ato de Improbidade Administrativa e deve recair sobre o espólio do ex-prefeito.

Na ação, os procuradores federais esclareceram que o Município de Caxias recebeu, no ano de 2012, R$ 18.681,11 do PNATE/PNAE, além de ter em saldo mais R$ 796.709,24 do exercício anterior e, do total, teria executado R$ 636.395,35 no exercício de 2012. No entanto, a Controladoria Geral da União (CGU), após realizar fiscalização in loco, detectou irregularidades na instrução dos processos licitatórios, como não exigência de qualificação técnica para participação no certame; ausência de pesquisa de preços para determinar estimativa de custos; inobservância de regras específicas do edital; vínculo entre gestores municipais, vereadores e empresas e prestadores de serviços contratados; ausência de capacidade operacional das empresas contratadas; sub-rogação da prestação de serviços; inexistência de equipe de fiscalização dos contratos, dentre outras; as quais foram confirmadas em processo de tomada de contas instaurado pelo FNDE.

Diante disso, pleiteou a condenação do requerido às sanções elencadas no art. 12 da Lei n.º 8.429/92, bem como a indisponibilidade de bens até o montante atualizado do dano causado acrescido da futura multa civil.

Reconhecendo haver fortes indícios da prática de atos de improbidade administrativa, a Juíza Federal Substituta da Vara Federal Cível e Criminal da Subseção Judiciária de Caxias/MA deferiu a indisponibilidade de bens (móveis, imóveis e ativos financeiros/contas bancárias) em nome do acusado, até o montante de R$ 953.212,70, sem acréscimo da multa ante o falecimento do requerido. A magistrada determinou, ainda, que as medidas sejam efetivadas, preferencialmente, por meio dos sistemas BACEN-JUD, RENAJUD e Central Nacional de Indisponibilidade de Bens – CNIB.

“Com efeito, após trabalho de campo realizado por equipe da CGU, verificou-se que a execução financeira dos recursos do PNATE, exercício de 2012, possuía diversas irregularidades, evidenciando-se, em análise perfunctória, a existência de conluio, montagem e direcionamento da respectiva licitação. Deste modo, em uma análise preliminar, considero existentes indícios de condutas ímprobas. Não sendo o momento processual para avaliação aprofundada dos fatos, com base no princípio, penso existir um mínimo probatório in dubio pro societate necessário ao prosseguimento da ação”, diz um dos trechos da decisão.

A PF/PI e a PF/FNDE são unidades da Procuradoria-Geral Federal (PGF), órgão da Advocacia-Geral da União (AGU).


Auditoria do Departamento Nacional de Auditoria do SUS identificou irregularidades em licitação de R$ 2.995.010,60 milhões da saúde de Paraibano.


Documento obtido pelo Blog do Neto Ferreira mostra que a Prefeitura realizou o Pregão Presencial SRP Nº 038/2017 para aquisição de medicamentos, material hospitalar e odontológico para atender as necessidades da Secretaria de Saúde. As fornecedoras vencedoras da licitação foram a Droga Rocha Distribuidora de Medicamentos, Distrimed Comércio e Representações e Amazônia Distribuidora Eireli.

Ao analisar a farta documentação, os auditores encontraram páginas rasuras e numeradas em duplicidade e sem sequência. Além disso, não há justificativa dos quantitativos utilizados como parâmetro para elaboração da Solicitação de Abertura de Licitação, assinada pela Secretária Municipal de Saúde.

Os contratos também não possuem cláusulas que estabeleçam a obrigação, pela contratada, de manter as condições de habilitação durante a execução do mesmo.


Um acidente grave aconteceu agora a noite desta sexta-feira, 13, na avenida dos Franceses, entre a rodoviária e a rotatória do aeroporto.

O Motorista perdeu o controle do veículo e bateu de frente com uma árvore. Ele teve ferimentos profundos na cabeça, e o passageiro ficou desmaiado.

Aguardem novas informações !
sexta-feira, 13 de setembro de 2019

Vários povoados do município de Bequimão foram atingidos com o tremor





Um tremor de terra foi registrado por volta das 19h desta sexta feira [13],em vários pontos da cidade e de povoados do  interior de Bequimão na baixada maranhense.



De acordo com relatos nas redes sociais, foi sentido o abalo sísmico no centro da cidade, e em bairros da Cidade Nova, Estiva, Balandro, além de povoados do município.


Imagens que circulam na internet, mostra como ficou uma residência do povoado Santana, que teve as suas paredes rachadas com o tremor. Veja.



Segundo informações de internautas, um vento forte se aproximou de Bequimão e uma bola de fogo passou nos céus da cidade como se fosse uma tocha. Para quem viu, a tocha pode ter caído no mar e ocasionado esse tremor.

G7.COM


Um acordo firmado entre moradores do Bairro Mazinho Leite em Cândido Mendes e a Diocese de Zé Doca, intermediado pela Prefeitura, evitou a reintegração de posse de uma área onde vivem mais de 100 famílias. O acordo foi firmado na terça-feira, 10, e aguarda homologação  da Juiza de Direito, Myllenne Sandra Moreira da Comarca de Cândido Mendes. 
Segundo o documento a Diocese  compromete-se a vender para a  Prefeitura  de Cândido Mendes e Associação de Moradores do Bairro Mazinho Leite o terreno de aproximadamente 35 hectares no valor de R$ 150.000.00 [ Cento e Cinquenta Mil Reais].
A associação de Moradores terá até o dia 23 de Setembro para depositar em  uma conta judicial o valor de R$ 50 Mil reais . Já a prefeitura de Cândido Mendes pagará o equivalente a R$ 100 Mil reais em até  60 dias. O qual passará a contar a partir do dia 23 do mês corrente. 
A proposta deu aos moradores o direito a um contrato que garante a permanência nas moradias no bairro em questão. Caso seja descumprida por ambas as partes, prefeitura e Associação o acordo estará automaticamente cancelado.


Segundo as primeiras informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o ocupante de um dos veículos, que ainda não foi identificado, teria morrido carbonizado.

Veículo de passeio pegou fogo após colidir com outro carro ainda não identificado — Foto: Ernani Pereira

Um grave acidente foi registrado na manhã desta sexta-feira (13) na BR-226, no município de Senador Alexandre Costa, a 417 km de São Luís.

Segundo as primeiras informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), um veículo de passeio pegou fogo após colidir com outro carro ainda não identificado.

Ainda de acordo com a PRF, o ocupante de um dos veículos, que ainda não foi identificado, teria morrido carbonizado.

Mais informações em instantes.
quinta-feira, 12 de setembro de 2019

Crime aconteceu em 2010, em São Luís. Danielson da Silva Cutrim estava foragido desde a época do assassinato.


Danielson da Silva Cutrim estava foragido há anos após assassinato de médico em São Luís — Foto: Reprodução/TV Mirante
A Polícia Civil prendeu nesta quinta-feira (12), no Distrito Federal (DF), Danielson da Silva Cutrim, de 33 anos. Ele é acusado de matar o médico Aderson Veloso, em São Luís. O crime aconteceu em 2010.

Danielson estava foragido desde a época do crime e foi abordado pela polícia no estacionamento de um hospital do Distrito Federal, onde ele apresentou documentos falsos.


O crime

Segundo a polícia, Danielson acertou um abajur de mármore na cabeça do médico e estrangulou a vítima até a morte. A investigação apontou ainda que Danielson e um comparsa mantinham relação amorosa com o médico.

Segundo a polícia, dois homens mataram o médico Aderson Veloso em 2010 — Foto: Reprodução/TV Mirante
Depois do assassinato, a dupla ainda levou vários objetos da casa e jóias da vítima. Além de latrocínio, Danielson também vai responder por falsificação de documentos.

G1 MA


Um homem identificado como Ronaldo Pires dos Reis foi preso nesta quinta-feira (12) suspeito de assassinar dois homens na cidade de Imperatriz. O caso, que teve grande repercussão na cidade, aconteceu no bairro Parque das Estrelas.

As vítimas foram mortas com golpes de martelo.
Ronaldo teria usado um martelo para matar as vítimas, identificadas como Emanoel – conhecida como Valquíria -, de 47 anos, e Gabriel, de 18 anos. Ele confessou as mortes e disse em depoimento, na Delegacia Regional de Açailândia, que estava em uma residência bebendo com outras pessoas, sendo que estas foram embora e ficaram apenas o preso e as vítimas.

Gabriel teria ido dormir, ficando acordados apenas Emanoel e Ronaldo. O homem de 47 anos ensejou iniciar uma relação sexual, quando foi morto com golpes de facão. Tentando não deixar testemunhas, ele foi até o local onde Gabriel estava dormindo e também o matou.

O suspeito confessou ainda durante o interrogatório ter matado um homem na cidade de Açailândia, identificado como Ivan Alves Pontes, com cinco tiros de arma de fogo. A motivação, segundo ele, teria sido por que a vítima lhe dedurou para uma outra pessoa que tinha intenção de lhe matar.

Após as comunicações legais, o preso foi encaminhado para a Unidade Prisional de Ressocialização de Açailândia.

MA 10

Mais uma mulher foi vítima de uma tentativa de feminicídio no interior do Maranhão. O fato foi registrado na madrugada desta quarta-feira (11) no povoado Coque, no município de Vitória do Mearim, a 180km de São Luís.

Homem tentou matar mulher e cometeu suicídio logo em seguida


A vítima identificada como Daniele Soares Sousa, 28 anos, foi atacada pelo próprio marido com golpes de martelo na cabeça. Ao ver a mulher desmaiada, o agressor por nome de José Luís Saraiva, 51 anos, se enforcou.

A vítima foi socorrida e levada para o hospital da cidade com várias fraturas na cabeça, desacordada, mas devido à gravidade dos ferimentos, foi transferida para um hospital da capital. Ainda ontem, ela passou por tratamento cirúrgico e corre risco de morte.

Quanto ao acusado, após o crime, recorreu ao suicídio. O corpo dele foi encontrado em um barraco. O motivo da tentativa de feminicídio teria sido ciúmes.

Via Jailson Mendes 

A assessoria do vereador Astro de Ogum divulgou nota explicando sobre as prisões ocorridas na manhã desta quinta feira (12). Segundo a nota, a arma apreendida no local pertence a um dos funcionários que faz segurança do imóvel. Diante disso,o parlamentar foi encaminhado á delegacia para prestar esclarecimentos. Ainda segundo a assessoria,a operação tinha como alvo dois de seus assessores,identificados como Raimundo Costa e Givanilson Santos Avelar.

Confira a nota

Nota oficial 

Acerca de matérias jornalísticas publicadas na imprensa maranhense, tratando da prisão do vereador Astro de Ogum por posse de arma, em respeito à sociedade ludovicense, a defesa do parlamentar, faz este comunicado com base nos esclarecimentos abaixo narrados, para que se restabeleça a verdade dos fatos, equivocadamente divulgados em blogs, portais e emissoras de rádio.

1 – Sob comando da Superintendência Estadual de Investigações Criminais,  por meio do Departamento de Crimes Tecnológico, sob o comando do delegado Odilardo Muniz, a Polícia Civil deflagrou uma operação na residência do vereador Astro de Ogum, mas os alvos foram dois de seus assessores: um homem e uma mulher.

2 – No local, a Polícia apreendeu aparelhos celulares e notebooks dos investigados. No entanto, no imóvel foi encontrada uma arma de propriedade de um dos funcionários que faz a segurança do imóvel. Por conta disso, o politico foi conduzido à Seic para explicar a arma encontrada em sua residência, fato que já foi devidamente esclarecido.

3 – Por fim, para comprovar a veracidade dos fatos, anexamos cópias dos mandatos de busca e apreensão para comprovar que Astro não tem envolvimento com o episódio cujo alvo foi seus funcionários.

São Luís (MA), 12 de setembro de 2019.

Itamargarethe Correia Lima
Advogada e jornalista

Facebook

Rádio do seu Coração