domingo, 12 de julho de 2020

Na manhã da última sexta-feira (10), a operação Ramsés, deflagrada pela Polícia Civil, apreendeu documentos, computadores, Pen drives, Ipads, celulares em imóveis de luxo do médico Abdon Murad Júnior em São Luís.

Ele é acusado de aplicar um golpe milionário em investidores do Brasil.

Segundo a polícia, as investigações se destinam a apontar a autoria e materialidade daquilo que pode ser um dos maiores esquemas de fraude financeira do país, com movimentações bancárias milionárias.

O objetivo da ação policial é robustecer o acervo probatório do inquérito policial que tramita no 4° Distrito policial do Vinhais.

Foram alvos 2 apartamentos localizados na Península da Ponta d’Areia, que pertencem ao investigado, além de uma residência onde teria funcionado a sede da empresa AMJ PARTICIPAÇÕES, de propriedade do médico.

Abdon está sendo investigado pelo crime contra a economia popular, lavagem de dinheiro e estelionato.

Entre as vítimas do médico estão juízes, desembargadores, políticos, agiotas, empresários, promotores, policiais federais e civis.

Em razão do golpe, Murad já foi condenado por diversas vezes e terá que pagar mais de R$ 10 milhões aos investidores.



O ex-prefeito de Arari José Antonio Nunes Aguiar, conhecido como Mindubim, terá que devolver aos cofres públicos do município o valor de R$ 883.944,40.

O ex-gestor foi condenado pela prática de improbidade administrativa referente à não prestação de contas e à não demonstração de utilização dos recursos oriundos do Convênio nº 561/2005.

A sentença que o condenou transitou em julgado em 25 de setembro de 2019, portanto não cabe mais recurso.

Na ação, a titular da Promotoria de Justiça de Arari, Patrícia Fernandes Gomes Costa Ferreira, requer que o montante a ser devolvido seja destinado ao Fundo Municipal de Saúde e aplicado em medidas de prevenção e combate à pandemia de Covid-19, no município.

Os valores atualizados, segundo os parâmetros estabelecidos na sentença, referem-se ao ressarcimento integral do dano ao erário (R$ 294.648,12) e multa civil (R$ 589.296,28).

Na ação de execução da sentença, o Ministério Público requer a intimação do réu para que efetue o pagamento dos valores devidos, na pessoa do seu advogado. Caso o ex-prefeito não cumpra a determinação no prazo de 15 dias, foi requerido o acréscimo de multa de 10% ao montante da condenação e posterior expedição de mandado de penhora e avaliação.

OUTRAS PENALIDADES

Na sentença que condenou o ex-prefeito de Arari, existem outras penalidades, como a perda da função pública, caso ainda a exerça; suspensão dos direitos políticos pelo período de oito anos; proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de 05 (cinco) anos, contados do trânsito em julgado desta sentença.

Um pastor evangélico morreu em um grave acidente, na noite de sexta-feira (10), na Estrada de Ribamar (MA-201), nas proximidades da entrada do Sítio Natureza, no município de São José de Ribamar, por volta das 23h30.

O pastor foi identificado apenas como Edimar, que estava à frente da Igreja evangélica Arca da Aliança em Ribamar. Ele pilotava uma motocicleta que colidiu de frente com outra, que trafegava em sentido contrário.

O pastor conduzia a sua esposa, a pastora Bethe, na garupa. Ele ficou com múltiplas fraturas no corpo e perdeu muito sangue no local do acidente.


O pastor ainda chegou a ser socorrido, mas terminou morrendo. A esposa ficou, em estado de choque, mas conseguiu solicitar assistência a familiares por telefone.

Ela foi levada ao Socorrão II, mas já teve alta e deverá participar do velório do marido, na sede da Igreja evangélica Arca da Aliança, na Avenida Panaquatira, no bairro da Cidade Nova. 

Com informações do Gilberto Lima

Em 24, a SES contabilizou mais 1.351 pessoas recuperadas do novo coronavírus no Maranhão




De acordo com os dados mais recentes sobre a covid-19 no Maranhão, divulgados na noite de hoje (11) pela Secretaria de Saúde do Estado (SES), o número de casos de pessoas recuperadas da doença no Maranhão é 76.921, pouco mais que quatro vezes maior que o de pessoas ativas com o vírus, 19.051.

Em 24, a SES contabilizou 1.351 pessoas recuperadas do novo coronavírus no Maranhão. Além disso, o número de casos descartados aumentou para 107.264.

Na contagem por sexo no estado, a SES registra que o novo coronavírus atinge mais as mulheres com 54.031 casos (55%). Já os homens tem 44.367 casos (45%). A covid-19 atinge, ainda, em maioria, a faixa etária de 30 a 39 anos, com 20.170 casos confirmados.

Testagem

Conforme os dados da SES, o Maranhão realizou um total de 206.591 testes para covid-19. Seguem suspeitos 6.795 casos.


O número atual de casos confirmados da doença no estado é 98.398. Dos novos casos, 102 são da Ilha de São Luís, 6 de Imperatriz e 1.572 das demais regiões.

Em relação ao número de pessoas ativas com o vírus, foram registradas 19.051. Destas, 18.293 estão em isolamento domiciliar, 429 internados em enfermaria e 329 em leitos de UTI.

Nas últimas 24h, a SES contabilizou 34 novos óbitos, agora o estado possui um total de 2.426 mortes por conta da doença.

De O Imparcial



Nas últimas 24 hora, foram registrados 1.071 mortes em decorrência da pandemia de covid-19, segundo atualização diária divulgada pelo Ministério da Saúde neste sábado (11). O número total de óbitos está em 71.469. De acordo com a atualização do ministério, 667.508 pessoas estão em acompanhamento e 1.100.873 se recuperaram. Há ainda 3.974 mortes em investigação.

Segundo o Painel Coronavírus, foram registrados 39.023 casos nas últimas 24 horas. O número de casos confirmados desde o início da pandemia chegou a 1.839.850. 
Estados

Os estados com mais mortes são: São Paulo (17.442), Rio de Janeiro (11.406), Ceará (6.853), Pernambuco (5.556) e Pará (5.274). As unidades da Federação com menos óbitos pela pandemia são Mato Grosso do Sul (153), Tocantins (251), Roraima (396), Acre (419) e Santa Catarina (485).

São Paulo também lidera entre os estados com maior número de casos confirmados, com 366.890, seguido por Ceará (133.945), Rio de Janeiro (129.675), Pará (122.934) e Bahia (104.188). As unidades da Federação com menos pessoas infectadas registradas são Mato Grosso do Sul (12.969), Tocantins (14.939), Acre (16.080), Roraima (21.849) e Rondônia (26.496).

sábado, 11 de julho de 2020


A mãe da ex-governadora Roseana Sarney, e esposa do ex-presidente José Sarney, Marly Sarney, foi internada hoje (11) na UTI de hospital em Brasília, após sofrer uma queda em casa.

Ela se acidentou no banheiro.

Segundo a filha, Dona Marly passará por uma cirurgia ainda na noite deste sábado.


O juiz Ronaldo Maciel, titular da 1ª Vara Criminal de São Luís – privativa para processamento e julgamento dos Crimes de Organização Criminosa -, condenou na sexta-feira (10) nove acusados de integrar a quadrilha que assaltou o Banco do Brasil de Bacabal em novembro de 2018 .

Durante a ação, os criminosos chegaram a levar algo em torno de R$ 100 milhões da agência, mas foram presos dias depois, quando tentavam sair do Maranhão .

Em juízo, eles chegaram a alegar que estavam em São Paulo no dia do crime, não dando explicações para o fato de estarem dentro de um caminhão com dinheiro do roubo em Bacabal, nem apresentando álibis que confirmassem sua estada fora do Maranhão enquanto o assalto ocorria.

As penas dos condenados, somadas, chegam a mais de 600 anos de prisão – numa média de mais de 60 anos para cada um deles -, por formação de quadrilha, roubo, dano, receptação e posse de arma, em concurso material.

Baixe aqui a íntegra da sentença.


No local onde o suspeito foi preso, a polícia também encontrou uma faca que seria usada para ameaçar as filhas durante os estupros.



A Policia Civil prendeu um homem suspeito de estuprar duas filhas, quando elas ainda eram menores de idade. O caso aconteceu no município de Senador La Roque, na região oeste do Maranhão.

A prisão aconteceu nesta quinta-feira (9) após um mandado da Justiça. O nome do preso não foi divulgado pela polícia, mas ele é acusado de cometer o crime contra as filhas e ainda ameaçá-las com uma faca.

No local onde o suspeito foi preso, a polícia encontrou duas espingardas de fabricação artesanal e recipientes contendo pólvora e chumbo. Além da arma de fogo, foram localizadas duas facas, sendo que uma delas foi indicada por uma das vítimas como a arma utilizada pelo acusado para forçar os crimes sexuais.

Após a prisão, o suspeito foi levado para a delegacia, onde foi autuado pelo crime de posse ilegal de arma de fogo. Depois, ele foi levado para uma Unidade Prisional de Ressocialização (UPR) da região.

De acordo com informações divulgadas pela Operação Ramsés, as movimentações bancárias são estimadas em valor superior a R$ 500 milhões




De acordo com informações divulgadas pela Polícia Civil do Maranhão em coletiva realizada na manhã desta sexta-feira (10), o esquema investigado pela Operação Ramsés pode ser um dos maiores de fraude financeira no país, com movimentações bancárias estimadas em valor superior a R$ 500 milhões.

As buscas e apreensões domiciliares fazem parte das investigações que visam identificar e apontar a autoria e materialidade.

A Operação cumpriu, na manhã de ontem (10) em São Luís, três mandados de busca e apreensão em imóveis do médico Abdon Murad Júnior, suspeito de liderar o esquema. Na ocasião, foram apreendidos documentos, ipads, CPUs, e notebooks, em dois apartamentos localizados na Península, pertencentes ao investigado.

Além disso, também foram realizadas buscas em uma residência, na qual teria funcionado a sede da empresa AMJ PARTICIPAÇÕES, também investigada.

Operação Ramsés

Segundo a Polícia Civil, as investigações foram iniciadas há cerca de 8 meses, após denúncias de várias vítimas que alegavam ter realizado investimentos na referida empresa. De acordo com os relatos, cheques sem fundos teriam sido repassados às vítimas dos golpes.

Atualmente, as investigações se concentram na figura do principal suspeito de liderar o esquema de fraude financeira. Abdon Murad Júnior está sob monitoração de tornozeleira e com passaporte retido. O médico deve prestar depoimento na próxima quarta-feira (15). Ele vai ser investigado pelos crimes de estelionato, crimes contra economia popular e lavagem de dinheiro.

O inquérito tramita em sigilo e a polícia civil estuda a adoção de outras medidas com objetivo de esclarecer os fatos e encaminhar os autos ao poder judiciário.

Segundo o mapeamento, os atuais bairros com maior taxa de transmissão da doença são o Anjo da Guarda, Bairro de Fátima e o Anil



São Luís está sofrendo uma reaceleração de casos de coronavírus. De acordo com o boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão (SES), a capital já contabiliza 14.159 casos confirmados e 940 óbitos por covid-19.

Divulgação: UFMA


Segundo estudo do professor da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e médico epidemiologista, Antônio Augusto Moura Silva, a tendência de diminuição de casos foi interrompida desde a semana passada.“Essa já é a segunda semana consecutiva que nós temos aumento no número de novos casos na ilha, praticamente confirmando que a doença novamente entrou em uma tendência de reaceleração de transmissão”.

Com relação aos óbitos, o médico comenta que os picos aconteceram nos meses de maio e outro em junho. Porém, as mortes notificados no último mês seis são de outros dias, semanas e até meses. Isso acontece por conta do atraso no resultados do exame de pessoas que morreram com suspeita do vírus.

Novos bairros com mais aumento de casos


Divulgação: UEMA

O Grupo de Estudos de Dinâmicas Territoriais (GEDITE), da UEMA, mapeou os bairros da capital que estão aumentando os casos de coronavírus depois da flexibilização do distanciamento social. Segundo o mapeamento, os atuais bairros com maior taxa de transmissão da doença são o Anjo da Guarda, Bairro de Fátima e o Anil.

Indo contrário a esse aumento, os bairros do Turu, Cidade Operária e Renascença tiveram uma diminuição de casos, apesar de ainda disporem dos maiores números de casos no total.

Taxa de transmissão do vírus (RT)

Divulgação: UFMA

O RT calcula a taxa de transmissão do vírus, que esteve diminuindo ao longo dos meses, tendo seu menor número em junho, chegando em – 1, respondendo as medidas de contenção, como lockdown, isolamento social e uso de máscara.

Segundo o epidemiologista, o RT abaixo de um poderia ser o sinal para a diminuição da pandemia, pois se uma pessoa infectada passa a doença apenas para uma pessoa, o vírus não cresce.

Porém, com o inicio da flexibilização do isolamento social, o RT voltou a crescer, sugerindo que a pandemia está voltando a ganhar força.
Cenário para a Ilha

De acordo com o médico, em curto prazo, não há risco de saturação dos serviços de saúde na capital. Porém, o uso de máscara e o distanciamento social de até 40% da população não será suficiente para fazer o RT ficar abaixo de 1, desse modo, a ilha está se locomovendo na direção de um segundo pico do coronavírus.

Situação atual de acordo com o boletim

Segundo informações do boletim epidemiológico, divulgado nesta sexta-feira (10), pela Secretária de Saúde do Maranhão (SES), o estado tem 96.718 casos confirmados de coronavírus e 2.392 óbitos. Nas últimas 24h, foram notificadas 35 novas mortes e 1.395 casos de Covid-19. O interior do estado contabilizou 1.263 novos casos, Imperatriz registrou 15 e a Ilha de São Luís teve 117.

Também segundo o boletim, dos mais de 96 mil casos confirmados, 18.756 ainda estão ativos. Desses, 17.974 estão em isolamento domiciliar, 444 internados em enfermaria e 338 em leitos de UTI.

O estado já contabiliza 75.570 pessoas recuperados do coronavírus. Ao todo, já foram realizados 202.658 testes.

De acordo com informações da SES, os 35 novos óbitos registrados, aconteceram nas seguintes cidades: Bacabal (1), Icatu (1), Codó (1), Santa Luzia (1), Mata Roma (1), São José de Ribamar (1), Chapadinha (1), Imperatriz (1), Viana (1), Araioses (2), Coelho Neto (2), Pedreiras (2), Açailândia (7) e São Luís (13).

Dos novos óbitos registrados no estado, 1 ocorreu nas últimas 24h, na cidade de Pedreiras. Os demais são todos em dias e/ou semanas anteriores que aguardavam o resultado do exame laboratorial para Covid-19.

O boletim informa também que, das pessoas que morreram, 62% são masculino e 38% feminino, a faixa etária com maior número de mortes é acima de 70 anos, com 87% apresentando comorbidades, sendo as principais hipertensão arterial e diabetes mellitus.

A evolução do número de casos da síndrome respiratória aguda grave (SRAG) no estado continua em 19, estando presente na maioria dos casos o vírus da influenza B.

De O Imparcial

Fabrício Queiroz deixou, na noite de hoje (10), o Complexo Penitenciário de Gericinó, na zona oeste do Rio de Janeiro, onde estava preso desde o dia 18 de junho no Presídio Bangu 8. Atendendo a decisão judicial, Queiroz saiu da penitenciária com tornozeleira eletrônica e cumprirá pena em prisão domiciliar.

A esposa de Queiroz, Márcia Aguiar, continua foragida e a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária do Rio informou que aguarda que ela compareça na Coordenação de Patronato Magarinos Torres, órgão da secretaria, para que, conforme decisão judicial, seja “instalada uma tornozeleira eletrônica” em Márcia.

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) informou que recebeu hoje o ofício do Superior Tribunal de Justiça (STJ) informando sobre a conversão da prisão preventiva de Fabrício Queiroz e da mulher dele, Márcia Aguiar em prisão domiciliar. O desembargador Mílton Fernandes de Souza, do Órgão Especial do TJRJ é o autor do alvará de soltura de Queiroz. O magistrado determinou que a decisão do STJ seja cumprida.

Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), na época em que o parlamentar era deputado estadual na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), foi beneficiado por uma decisão de ontem (9) do presidente do STJ, João Otávio de Noronha, que atendendo a um pedido da defesa dele, concedeu prisão domiciliar ao ex-assessor e à mulher dele, Márcia Aguiar. Ela é considerada foragida desde o dia 18 de junho, porque não foi encontrada para o cumprimento do mandado de prisão expedido pela Justiça do Rio de Janeiro na Operação Anjo, que resultou na prisão do marido.

O ex-assessor foi preso em Atibaia, interior de São Paulo por integrantes do Ministério Público e da Polícia Civil do estado. Ele estava em uma casa do advogado Frederick Wassef.
Recomendação do CNJ

Na decisão de ontem, o ministro Noronha se baseou na recomendação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para que seja analisada a necessidade da manutenção de prisões durante a pandemia da Covid-19. Dessa forma, o magistrado acolheu a alegação da defesa de que Queiroz se recupera de um câncer. 

Para sair do Presídio Bangu 8, a defesa teve que indicar um endereço fixo, onde a prisão domiciliar será cumprida e as autoridades policiais poderão ter acesso caso seja necessário. Queiroz terá que cumprir medidas cautelares, como o uso de tornozeleira eletrônica, desligamento de linhas telefônicas, entrega dos celulares e computadores para a polícia e proibição de contato com terceiros, exceto familiares.

Na decisão que beneficiou Márcia Aguiar, o ministro Noronha entendeu que a mulher pode cuidar do marido durante o período da prisão domiciliar.

Para o advogado de Fabrício Queiroz, Paulo Emílio Catta Preta, a prisão preventiva cumprida no mês passado é uma medida jurídica exagerada e desnecessária. “Me parece excessivo uma pessoa que sempre esteve à disposição, que está em tratamento de saúde, que ofereceu esclarecimentos nos autos, que não apresenta risco nenhum de fuga, ela sofra uma medida tão pesada quanto uma prisão preventiva”, disse Catta Preta, após a decisão de ontem do STJ.

No dia 18 de junho, data da prisão de Queiroz, pelo Twitter, o senador Flávio Bolsonaro disse que encara a prisão do ex-assessor com tranquilidade e que "a verdade prevalecerá". De acordo com o senador, a operação é "mais uma peça foi movimentada no tabuleiro para atacar Bolsonaro".

Via Agência Brasil
sexta-feira, 10 de julho de 2020


O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), reforçou hoje (10) que a situação é de alerta em virtude da possibilidade de uma segunda onda de contaminação pelo novo coronavírus.

Em coletiva de imprensa, o comunista disse que a intenção é manter a atual situação de flexibilização das atividades, mas de olho nos dados sobre os novos casos.

“A nossa intenção é manter a situação vigente pelos meses de julho e agosto. A minha avaliação hoje é de que não precisamos aumentar e nem diminuir as medidas restritivas, mas é necessário manter os cuidados sanitários. Em face da palavra alerta, nós precisamos redobrar a vigilância das medidas sanitárias para proteção da saúde da população”, disse.

Na quinta-feira (9), o médico epidemiologista Antônio Augusto Moura Silva, professor doutor titular do Departamento de Saúde Pública da Universidade Federal do Maranhão (Ufma), realizou mais uma live em seu perfil no Instagram para tratar da reaceleração da transmissão do novo coronavírus na Ilha de São Luís.

Segundo ele, pela segunda semana seguida houve aumento do número de novos casos registrados na Região Metropolitana da capital – após quatro semanas de queda .

Daí a necessidade de as autoridades ficarem em alerta…
O prefeito de Santa Helena e pré-candidato à reeleição, Zezildo Almeida, aparece liderando todos os cenários da pesquisa Data M, divulgada nesta sexta-feira (10).

O levantamento sobre as eleições 2020 encomendado pela Rádio Difusora, está registrado na Justiça Eleitoral sob o protocolo MA-01687/2020 e entrevistou 350 eleitores entre os dias 30 de junho e 02 de julho de 2020 em Santa Helena, no Maranhão. A margem de erro estimada é de 4 pontos percentuais para mais ou para menos.

No cenário espontâneo, Zezildo aparece em primeiro lugar com 33,4% nas intenções de voto, seguido de Lobato com 15,1%, Jurandir com 6% e Agamenon e Fernando Crente empatados com 0,3%. 6,6% disseram que não votariam em nenhum candidato e 38,3% não sabem ou não responderam.

Pesquisa DataM em Santa Helena
Na pesquisa estimulada, onde são apresentados os nomes dos candidatos ao eleitor, Zezildo também lidera o ranking com 40,6% das intenções de voto. Com 25,1% Lobato vem em segundo lugar, seguido de Jurandir 14,6%, Fernando Crente 3,1% e Agamenon 1,4%. 10% disse que não votariam em nenhum deles e 5,1% não sabem ou não responderam.

Pesquisa DataM em Santa Helena

No cenário de confronto entre Zezildo e Jurandir, caso as eleições fossem realizadas hoje, 46,3% dos entrevistados afirmaram preferir Zezildo e apenas 28,3% Jurandir. 20,9% disse que não votariam em nenhum deles e 4,6% não sabem ou não responderam.

Pesquisa DataM em Santa Helena

E no cenário onde o atual prefeito enfrenta Lobato, Zezildo também permanece com a preferência do eleitorado com 45,1% das intenções de voto, contra 31,7% de Lobato. 19,1% disseram que não votariam em nenhum deles e 4% não sabem ou não responderam.

Pesquisa DataM em Santa Helena

Os eleitores ouvidos na pesquisa também foram questionados se estavam mais propensos a votar em um candidato do grupo 14 ou do grupo 23. Neste cenário, 50,9% escolheram o grupo 14 e 27,4% o grupo 23. 18,3% disseram que não votariam em nenhum deles e 3,4%% não sabem ou não responderam.

Via Minard

Após ajuizamento de Ações Civis Públicas (ACPs) do Ministério Público do Maranhão, no mês de junho, os municípios de Graça Aranha, Arari e São Bento passaram a divulgar os gastos efetuados no combate à pandemia da Covid-19 no Portal da Transparência. Apenas Turiaçu, que também foi alvo de ACP, ainda não disponibilizou as informações. Também foi solicitada a atualização diária nos sites das prefeituras dos novos casos registrados da doença.


A prefeitura de Graça Aranha criou, no Portal da Transparência do município, uma aba específica para a divulgação das despesas realizadas à pandemia. Também consta no portal da transparência três licitações referentes a compra de materiais e um histórico do número de casos da Covid-19.

O município de São Bento disponibilizou os dados dos gastos durante a pandemia referentes aos dias 29 de abril a 3 de junho. Já no Portal da Transparência da Prefeitura de Arari, as despesas municipais entre os dias 7 de abril a 22 de junho também já estão disponíveis.

No caso de Turiaçu, consta no site da Prefeitura apenas o boletim epidemiológico com o número de casos confirmados e o total de óbitos ocasionados pelo coronavírus. A última atualização foi realizada em 30 de junho.

LEI Nº 13.979/2020

A não divulgação das despesas relativas ao enfrentamento da pandemia contraria a Lei 13.979/2020. Sancionada em fevereiro, a referida lei dispõe sobre as medidas que devem ser adotadas na vigência do atual estado de emergência de saúde pública.

Os gestores públicos não precisam, de acordo com a lei, realizar licitações para a compra de materiais necessários no combate à pandemia. Porém, a lei estabelece que todos os gastos realizados no período emergencial deverão ser divulgados nos sites oficiais dos órgãos de governo responsáveis pelas compras.

Durante todo período da pandemia, o Ministério Público do Maranhão tem atuado na fiscalização do uso dos gastos públicos, assim como na emissão de Recomendações aos gestores públicos, visando a melhoria dos serviços de saúde prestados à sociedade maranhense.
quinta-feira, 9 de julho de 2020

Na última semana, o estado teve dois dias sem contabilizar óbitos, domingo (5) e quarta-feira (8)



O último boletim epidemiológico da Secretária de Saúde do Maranhão (SES), divulgou que o Maranhão registrou 33 mortes hoje (9). Desse total, 3 aconteceram nas últimas 24h, as demais ocorreram em outros dias e/ou semanas.

Essa diferença é causada pelo atraso no resultado dos exames de pacientes que morreram com suspeita da doença. A SES só divulgada as informações depois da confirmação dos testes.

Na última semana, o estado teve dois dias sem contabilizar óbitos, domingo (5) e quarta-feira (8). Apesar disso, mortes que aconteceram dias ou semanas atrás foram notificadas nessas datas.

De acordo com informações da SES, os 33 novos óbitos registrados, aconteceram nas seguintes cidades: Balsas (1), Cantanhede (1), Chapadinha (1), Coroatá (1), Cururupu (1), Godofredo Viana (1), Lagoa Grande do Maranhão (1), Lago dos Rodrigues (1), Santa Helena (1), São José de Ribamar (1), Palmeirândia (1), Presidente Vargas (1), Paulo Ramos (1), Vitorino Freire (1), Esperantinópolis (2), Coelho Neto (4), Caxias (4) e São Luís (5).

De acordo com o boletim , o estado tem 95.323 casos confirmados de coronavírus e 2.357 óbitos. Nas últimas 24h, foram registrados 2.384 casos de Covid-19. O interior do estado contabilizou 2.216 novos casos, Imperatriz registrou 59 e a Ilha de São Luís teve 109.

Também segundo o boletim, dos mais de 95 mil casos confirmados, 19.119 ainda estão ativos. Desses, 18.325 estão em isolamento domiciliar, 458 internados em enfermaria e 336 em leitos de UTI.

O estado já contabiliza 73.847 pessoas recuperados do coronavírus. Ao todo, já foram realizados 199.226 testes.

A evolução do número de casos da síndrome respiratória aguda grave (SRAG) no estado continua em 19, estando presente na maioria dos casos o vírus da influenza B.

O município tem 02 novos casos da Covid-19 e mais 03 curados 

Bairro da Ponta do Jardim em Godofredo Viana-

A Secretaria Municipal de Saúde de Godofredo Viana informou que nesta quinta-feira (09-07), que nas últimas 24 horas, foram confirmados 02 novos casos da Covid-19 no município, tratam-se de duas mulheres,uma no bairro do Itereré e a segunda no Centro, 03 pacientes tiveram a cura confirmada e 101 casos suspeitos foram descartados ao todo.

O município tem atualmente 41 pacientes com a Covid-19, 74 recuperados e 03 óbitos.

MA-101, rodovia liga Cândido Mendes a Carutapera

As rodovias no Maranhão estão intrafegáveis, com manifestações de motoristas que cobram melhor infraestrutura e também segurança em todas as regiões do estado. Umas das principais rodovias a MA-106 que liga Cujupe à Governador Nunes Freire está abandonada pelo Governo do Estado . Nesta quinta feira (9) moradores e caminhoneiros fecharam a rodovia, na altura do povoado Bacabeira no município de Turilândia, caçambas e caminhões foram usados para bloquear os dois sentidos da via. O protesto teve como objetivo reivindicar melhorias de infraestrutura e segurança. Veja Aqui

MA-206 que liga Carutapera a Quatro Bocas
Ainda este ano já na MA-206, rodovia que liga Carutapera a Quatro Bocas foi bloqueada por manifestantes durante cinco dias até a chegada de representantes do Governo do Estado e também de representantes da empresa vencedora do certame para recuperação da MA-206 e MA-101 que liga Cândido Mendes a Carutapera. Na época a Empresa Contru Service chegou a assinar um "termo de compromisso" assinado em 13 de Março, o término da conclusão tapa buracos, pavimentação asfáltica e embelezamento das rodovias foi prevista pra 120 dias, ou seja, 14 de Julho de 2020. Mais oque se vê é uma lentidão nos serviços de recuperação das duas rodovias além de um serviço de recapeamento e tapa buracos de péssima qualidade. Veja o documento:



Mesmo assim nesta quinta feira,o Presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira convidou o governador do Maranhão, Flávio Dino, para se filiar ao partido. Hoje no PCdoB, Dino pretende disputar a presidência da República em 2022 e teria, na nova legenda, mais possibilidade de atrair alianças de centro e centro-direita, além de um fundo eleitoral mais robusto e mais tempo de televisão. Veja Aqui


Motoristas bloquearam a MA-106  nesta quinta feira.




A Prefeitura de Santa Helena, cidade localizada na Baixada Maranhense permanece cumprindo as normas vigentes, com a distribuição de kits de alimentação para alunos da rede municipal de ensino. A razão desta ação tem como foco amenizar os transtornos causados pela pandemia do coronavírus, que provocou a paralisação das aulas presenciais em todo o Brasil.

Deste modo, as famílias de adolescentes e crianças em atividade escolar, tanto da sede, quanto da zona rural de Santa Helena estão recebendo alimentos com valor nutricional de acordo com a faixa etária e nível escolar dos alunos. Desta vez, a distribuição de alimentos contemplou estudantes do Centro de Ensino Fundamental Manoel Pavão Dias; CEF Raimundo Nogueira Campos e CEF Fortunato Pinheiro, escolas essas, localizadas em povoados da região ribeirinha do município.


“Seguimos com a distribuição de kits de alimentação escolar fornecidos às famílias dos nossos alunos da rede municipal de ensino. As entregas foram realizadas em escolas municipais localizadas em comunidades da região ribeirinha de Santa Helena”, destacou o prefeito Zezildo Almeida.
A população de Santa Helena reconhece que, ao longo de toda a sua gestão, Zezildo Almeida sempre priorizou a educação de qualidade, com a construção e reforma de prédios escolares, revitalizados e equipados, além da distribuição de merenda e fardamento escolares em toda rede municipal de ensino. Soma-se a esses benefícios, a valorização do profissional da educação e ambiente salutar para evitar ao máximo, a evasão escolar.

“Esse é mais um compromisso da nossa gestão, com o objetivo de complementar a alimentação dos estudantes durante o período de suspensão das aulas, assim como minimizar os graves impactos causados pelo novo coronavírus”, pontuou Zezildo.



Via Hora Extra


Foi sancionada no dia 29 de junho, a Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc N° 14.017/2020 que dispõe sobre ações emergenciais destinadas ao setor cultural a serem adotadas durante o estado de calamidade pública. 

No entanto, a área técnica de Cultura da entidade reforça que o texto pode sofrer alterações, visto que ainda depende de sanção presidencial. Caso seja aprovado na integralidade, os recursos serão repassados pela União no prazo máximo de 15 dias após a publicação da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc.

Os Municípios terão até 60 dias para programar a destinação da verba. A atuação da CNM ainda conquistou que o projeto contemplasse todos os Municípios do país e estabelecesse que metade do montante de R$ 3 bilhões fosse dividido meio a meio entre governos estaduais e municipais.

O município de Pinheiro na baixada maranhense receberá o montante de R$ 579.684,04 ( Quinhentos e setenta e nove mil,seiscentos e oitenta e quatro reais e quatro centavos ) para ajudar os artistas e o setor de produção cultural do município. 

Veja aqui a lista completa dos municípios.


O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que teve a aplicação adiada por causa da pandemia do novo coronavírus, foi remarcado para os dias 17 e 24 de janeiro, na sua versão impressa. A nova data para aplicação das provas foi divulgada nesta quarta-feira (08), durante coletiva de imprensa transmitida pela internet, que contou com a presença do secretário executivo da pasta, Antonio Paulo Vogel, que é o ministro interino, e o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes.

A versão digital do exame será aplicada nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro. Já a reaplicação das provas está marcada agora para os dias 24 e 25 de fevereiro do ano que vem. Os resultados serão divulgados no dia 29 de março.

“Entendemos que essa decisão não é uma decisão perfeita e maravilhosa para todos. Sabemos que não é. Então, buscamos uma solução técnica, tentando ver a data que melhor se adequa a todos”, afirmou Vogel, ao divulgar o novo calendário. Segundo ele, a definição das datas foi construída após diálogo com as secretarias estaduais de Educação e entidades que representam as instituições de ensino superior, tanto privadas quanto públicas. 

Segundo o presidente do Inep, serão adotadas medidas sanitárias durante a aplicação das provas, como uso de álcool gel e distanciamento adequado entre os estudantes. Os protocolos sanitários para aplicação das provas vão gerar um custo adicional de cerca de R$ 70 milhões para o governo federal, informou Alexandre Lopes.

Consulta pública

Em junho, o Inep chegou a realizar uma enquete virtual para saber em quais datas os estudantes gostariam de realizar a prova. Pelo levantamento, 49,7% dos estudantes preferiam que o Enem impresso fosse aplicado em 2 e 9 de maio de 2021 e o Enem digital em 16 e 23 de maio. Ao comentar a decisão de aplicar as provas entre janeiro e fevereiro, Lopes disse que levou em conta, além da própria enquete, as opiniões das instituições de ensino e das secretarias de educação. 

Via Agência Brasil.

A suspeita é que pode ser de um dos três pescadores que estão desaparecidos há 13 dias, no município de Raposa




Na manhã desta quinta-feira (9), por volta das 10h31, foram encontradas partes de um corpo que ainda não identificado ao lado do cais do Porto do Barbosa na cidade de São José de Ribamar, região metropolitana de São Luís.

De acordo com as primeira informações, equipes do Instituto Médico Legal (IML) e do Instituto de Criminalística (ICRIM) já estão no local para as devidas providências.

Uma equipe da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) também está no local. Segundo a SHPP a suspeita é que pode ser de um dos três pescadores que estão desaparecidos há 13 dias, no município de Raposa.

Aguarde mais informações…



O pré-candidato a Prefeito de Peri Mirim, foi condenado pela justiça eleitoral pela prática de divulgar pesquisa eleitoral sem registro no TRE.O pré-candidato divulgou nas suas redes sociais uma pesquisa eleitoral que não teve registro na justiça eleitoral, tentando assim, confundir a cabeça dos eleitores do referido município.

A ação proposta pelo Partido MDB de Peri Mirim foi julgada procedente, e condenou o referido pré-candidato ao pagamento de uma multa no valor de R$ 53 mil reais.


Heliezer pode sofrer ainda uma ação penal, pois a conduta de divulgar pesquisa eleitoral falsa é crime, e isso poderá deixar ele fora das eleições de 2020.


Na manhã desta quinta-feira (9) moradores e caminhoneiros fecharam a MA-106, na altura do povoado Bacabeira no município de Turilândia, caçambas e caminhões foram usados para bloquear os dois sentidos da via. O protesto tem como objetivo reivindicar melhorias de infraestrutura e segurança.


De acordo com os manifestantes, devido as péssimas condições da rodovia vários assaltos estão sendo realizados por dia,colocando em risco a vida de motoristas e passageiros.


O Blog do Neto Weba entrou em contato com o secretário de Infraestrutura do estado Clayton Noleto que disse que os serviços estão programados para este segundo semestre,mais não informou uma data para inicio das obras. Enquanto isso moradores,condutores de veículos e passageiros seguem sofrendo com as péssimas condições das rodovias no Maranhão.


O Hospital Regional de Carutapera - HRC, no oeste maranhense, instalou sua primeira usina de produção de gases medicinais. A estrutura foi entregue pelo Governo do Estado. Ela será responsável por todo o processamento de oxigênio para o consumo da unidade de saúde.

O vereador Renato Filho,presidente da Câmara esteve vistoriando a unidade de saúde e acompanhou a instalação da Usina de Gases Medicinais. 

" O HRC terá uma autossuficiência na produção de Oxigênio e redução de custos. Nesse momento de pandemia, esta usina dá autonomia nessa questão, principalmente por conta da dificuldade na aquisição do Oxigênio medicinal e do aumento da demanda ", destacou o vereador.

O Hospital Regional vinha operando com cilindros. Essa alteração possibilitará a ampliação dos leitos de UTI e a utilização plena dos 50 leitos hoje existentes. O tanque foi instalado no HRC na manhã desta segunda-feira (6).

Em sua rede social o vereador destacou sua visita a unidade de saúde."O Hospital Regional de Carutapera recebeu o Usina de Gases Medicinais, um equipamento importante que agora permite que tenhamos uma UTI ou uma Semi UTI, há vários anos que necessitávamos dessa estrutura.Estive visitando o Hospital e fiquei feliz com as novas conquistas". Destacou o vereador .

Nesta semana a unidade de saúde recebeu novos equipamentos,além de uma nova ambulância.

 
 
Vereador Joãozinho- Foto Divulgação

Escola Estadual Maria Iracema Alves de Sousa, em Governador Nunes Freire, será totalmente reformada. Foi oque garantiu o secretário de Estado da Educação Felipe Camarão. A solicitação foi feita pelo Vereador Joãozinho (PL), que recebeu a garantia do Secretário Estadual de Educação, Felipe Camarão.

Felipe disse que o projeto já está na secretaria e assim que os recursos financeiros forem liberados será dada a autorização para iniciar a reforma necessária na Escola de Governador Nunes. “É um compromisso do governador Flávio Dino de deixar todo o sistema escolar bem constituído” declarou Felipe.
Situação da Quadra esportiva da escola estadual Maria Iracema Alves de Sousa

Além da reforma da referida escola o vereador Joãozinho cobrou a revitalização da Quadra de Esportes. Em sua rede social o vereador Joãozinho agradeceu o secretário Felipe Camarão "Na manhã de hoje falei com os Secretário de Estado da Educação, Senhor Felipe camarão, falei da situação que está nossa escola estadual e da quadra Esportiva, o Secretário se prontificou em mandar arrumar a quadra e revitalizar nossa querida Escola. Obrigado Secretário Felipe camarão, agora Vamos aguardar o início dos serviços." disse