sábado, 6 de abril de 2019

Ela ainda deu uma pedrada em parente que arrombou a porta da casa onde ela estava sozinha com o irmão



A família contou à Polícia que a jovem tinha o costume de cuidar do irmão
Uma mulher, de 18 anos, foi presa nessa quinta-feira (4) como principal suspeita de ter torturado e matado o irmão de apenas cinco anos. O menino foi encontrado com os olhos furados, o pênis decepado e cercado por velas. Em audiência de custódia realizada nesta sexta-feira (5), a prisão em flagrante foi convertida em preventiva. O caso aconteceu em São Roque, em São Paulo, e foi noticiado pelo G1. 

De acordo com a PM, os irmãos estavam sozinhos em casa, no bairro Gabriel Pizza. Ao chegar em casa, a mãe deles foi impedida de entrar pela filha. Então, ela chamou um cunhado, que arrombou a porta. Quando adentrou na residência, a mãe viu o filho morto com sinais de tortura.

À polícia, a adolescente confessou o crime e contou que chamou o irmão para brincar no quarto, quando resolveu matá-lo asfixiado com um travesseiro. Ela teria dito ainda que, depois de efetuar cortes e queimar partes do corpo da criança, com o pênis. A investigação caminha para descobrir se o menino foi morto durante algum tipo de ritual. 

O homem que arrombou a porta, seu tio, após a desconfiança da mãe, acabou atingido por uma pedrada. Informações do G1 dão conta de que a adolescente ainda teria mordido o cão da família, que avançou nela enquanto era rendida pelo parente. Ela é acusada de cometer homicídio qualificado, tentativa de homicídio contra o tio e maus tratos.

O corpo da criança foi encaminhado ao IML de Sorocaba.

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Rádio do seu Coração