quarta-feira, 3 de agosto de 2022

Um erro que pode ser fatal para Lahesio Bonfim

Ao conceder entrevista na Rádio Mirante AM, ao Ponto Final, o ex-prefeito de São Pedro dos Crentes e candidato ao Governo do Maranhão pelo PSC, Lahesio Bonfim, parece querer utilizar uma estratégia que pode ser equivocada e que deverá ter grande interferência no seu desempenho eleitoral nas eleições deste ano.

Lahesio afirmou que é contrário a polarização entre Esquerda e Direita, que já acontece nacionalmente, na disputa pelo Governo do Maranhão.

“Eleição nacional ela tá polarizada, mas aqui no Maranhão nós temos algo diferente. Nós não vamos polarizar como eles querem, não é intenção nossa de forma alguma que essa eleição no Maranhão se polarize. Quem está passando fome no estado não tem lado, não tem ideologia política”, afirmou Lahesio.

O candidato do PSC também disse que votará e apoiará Bolsonaro, mas assegurou que não está preocupado se terá ou não o apoio de Bolsonaro e deu a entender, mais uma vez, que não quer polarizar o debate Esquerda/Direita na eleição para o Governo do Maranhão.

“Eu nunca vou negar que sou eleitor do presidente [Bolsonaro], mas respeito você que vai votar em Lula, Ciro, Tebet, em quem quer que seja. Eu não vou entrar nessa linha, não estou preocupado se o presidente vai ou não vir para minha campanha, de forma alguma”, destacou.

É claro que Lahesio deve, e com razão, estar desapontado com a postura do presidente da República, Jair Bolsonaro, que da última vez que veio ao Maranhão não foi justo e leal com quem sempre lhe apoiou. Bolsonaro, ao invés de afirmar que apoiará Lahesio, disse que não tinha ainda candidato ao Governo do Maranhão, apenas para o Senado, no caso o senador Roberto Rocha.

Nos bastidores da política, se comenta que um dos filhos de Bolsonaro, o senador Flávio Bolsonaro, estaria trabalhando pela neutralidade do presidente da República por conta da candidatura do seu colega de Senado, Weverton Rocha (PDT).

No entanto, se essa polarização entre Esquerda/Direita não chegar ao Maranhão, como espera que aconteça Lahesio, o candidato do PSC será justamente o mais prejudicado.

O candidato ao Governo do Maranhão do ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), é o governador Carlos Brandão, e para ter reais chances de chegar ao 2º Turno, Lahesio precisa sim colar sua imagem no presidente Bolsonaro.

A estratégia de descolar a imagem de Bolsonaro pode ser fatal, afinal o ex-prefeito de São Pedro dos Crentes não pode ser ingênuo de imaginar que esse seu desempenho nas pesquisas, já encostando no senador Weverton, seja somente pelo bom trabalho feito como prefeito da sua cidade.

É óbvio que esse desempenho é pelo fato de Lahesio representar um segmento da política, no caso a Direita e ser, entre todos os candidatos ao Governo do Maranhão, o que mais se aproxima ideologicamente de Bolsonaro.

Negar ou querer se afastar disso, além de tolice, pode lhe custar caro.

É aguardar e conferir.

0 comentários:

Postar um comentário

Mais velocidade pra você

Mais velocidade pra você

Curta a Página do Blog do Neto Weba

CUIDE DO SEU SORRISO

CUIDE DO SEU SORRISO