sexta-feira, 18 de março de 2022

Dino diz que foi procurado por Othelino e que vice na chapa será escolhido por Brandão

Em entrevista ao Blog do Neto Ferreira, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB), revelou que foi procurado pelo presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto (PCdoB), para tratar sobre o atual cenário político entorno da polarização das pré-candidaturas do senador Weverton Rocha (PDT) e vice-governador Carlos Brandão (PSDB).

A declaração foi dada durante o evento de adesão do deputado federal e presidente do PP, André Fufuca ao projeto eleitoral de Brandão e do chefe do Palácio dos Leões ao Senado, na noite de quinta-feira (17), em São Luís.

Dino garantiu que a iniciativa para o diálogo partiu do próprio Othelino. Na conversa, o presidente da Casa Legislativa chegou a fazer avaliações políticas acerca das movimentações do xadrez eleitoral, segundo contou o governador.

O socialista disse ainda que, certamente, Othelino e Brandão também chegaram a dialogar sobre o atual cenário.

“Eu tenho conversado com muita gente o tempo inteiro, porque as pessoas naturalmente me procuram. Então, claro que o presidente Othelino [Neto] é meu amigo de muitos anos, todos sabem disso, inclusive foi ao PCdoB a meu convite há muitos anos atrás, continuamos a ter a boa relação institucional, entre a Assembleia [Legislativa] e o Governo do Estado, nesse período que me cabe governar, ele me procurou, fez avaliações políticas e continuamos conversando. Certamente, ele conversou com [Carlos] Brandão também, acho que é um movimento geral de buscas dos vários partidos, de vários líderes do melhor caminho. Eu estou muito feliz de sempre poder dialogar com presidente Othelino [Neto] que é um grande quadro da política do Maranhão”, enfatizou.

Questionado se o PDT ainda teria a possibilidade de indicar a vice na formação da chapa, Dino atribuiu essa decisão ao vice-governador afirmando que a condução dessa articulação está sob o comando do tucano.

“Eu acho que isso compete ao Brandão conduzir, porque eu procuro sempre me conduzir de modo ético, então a chapa que hoje me cabe conduzir é o do senado, e aí a gente vai discutir as suplências mais adiante na mesa dos partidos como fazemos. A questão da vice está sob a condução do Brandão, então eu prefiro que ele conduza, se, eventualmente, precisar da minha opinião estarei a disposição, então certamente é um tema que está sob a coordenação dele, que a possibilidade sempre existe até o momento da convenção e do registro”, pontuou.

O governador afirmou também que continuará dialogando com as lideranças dos partidos em busca de unificar o grupo para as eleições de 2022.

“Eu acho que até o período das convenções nós vamos continuar dialogar, eu tenho sempre essa linha de trabalho, eu acho que todos aqueles que quiserem conversar com Brandão entorno dessa pré-candidatura, são bem vindos, então acho que tem bastante tempo, e eu tenho sempre esperança, otimismo e vamos continuar o nosso trabalho de investimentos, de ações nos municípios, até o período que me cabe até o dia 31 de março”, frisou.

                 

0 comentários:

Postar um comentário

Curta a Página do Blog do Neto Weba


NAVEGUE COM A MELHOR INTERNET

CUIDE DO SEU SORRISO

CUIDE DO SEU SORRISO