quinta-feira, 10 de fevereiro de 2022

Maranhense está desaparecido após ser sequestrado em alojamento de hidrelétrica no Mato Grosso

 

O jovem maranhense João Felipe Santos Bogea, de 23 anos, natural de Arari, foi sequestrado no último domingo (06), às 23h, em Jauru, no Mato Grosso, onde estava trabalhando há sete meses.

Pelas informações de familiares, um grupo de homens armados entraram no alojamento da empresa Wiecheteck Engenharia Ltda, que presta serviço para a construção da Usina Hidrelétrica do rio Guaporé, onde João Felipe trabalha, e o levaram.

Os sequestradores fizeram ameaças contra os demais trabalhadores, que se encontravam no mesmo alojamento, e deram 24 horas para que deixassem a cidade.

“Desde então, não temos notícias. A família está desolada de tanta dor, por não saber do seu paradeiro. Peço encarecidamente que nos ajude com esse caso”, diz um dos familiares do jovem.

Em contato com o blog, um irmão de João Felipe disse que o alojamento foi invadido por oito homens.

"Eles disseram aos trabalhadores que não queriam ninguém de fora trabalhando na hidrelétrica. Eles pegaram o celular de meu irmão e perguntaram de onde ele era. Como achavam que ele tinha mentido, pegaram a carteira de identidade e viram que ele era do Maranhão. No celular, eles devem ter olhado alguma coisa que não gostaram. Não sei se relacionado a mulher. Em seguida, passaram a espancá-lo e o levaram”, disse o irmão.

Ele acrescenta que os outros trabalhadores, que receberam ordens para deixar a cidade em 24 horas, já estão de volta ao Maranhão. Quando chegarem, eles prestarão depoimento sobre o caso na delegacia da cidade de Arari.

Até o momento, a família não tem informações sobre o que fizeram com João Felipe.

Quaisquer informações, deverão ser passadas à família pelos celulares (98) 98153-6827 e (98) 98335-4574.

0 comentários:

Postar um comentário

Curta a Página do Blog do Neto Weba


NAVEGUE COM A MELHOR INTERNET

CUIDE DO SEU SORRISO

CUIDE DO SEU SORRISO