quarta-feira, 26 de janeiro de 2022

Polícia prende homem que proferiu palavras racistas e homofóbicas a maranhenses




A Polícia Civil do Maranhão, após um minucioso trabalho investigativo, conseguiu na última segunda-feira (24), localizar e prender na cidade de São Paulo, um homem pelos crimes de ameaças, desacato e injúrias proferidas contra policiais lotados na Delegacia Regional de Zé Doca. A prisão que é preventiva, foi executada pela Polícia Civil de São Paulo.

As investigações surgiram a partir de um vídeo divulgado em redes sociais, onde o preso proferiu ameaças, desacato e injúrias contra os servidores da instituição de segurança pública. Além disso, a equipe investigativa também tomou conhecimento que o investigado havia proferido discurso racista e homofóbico, uma vez que afirmou que se candidataria a deputado federal para dividir o estado do Maranhão e que nessa divisão “os gays, lésbicas e os pretos seriam expulsos”.

Sendo assim, iniciou-se uma investigação para apurar os crimes de injúria, desacato, ameaça e racismo. Após vasto elemento probatório, a 8ª Delegacia Regional de Zé Doca representou pela prisão preventiva do autor. Agora o preso se encontra à disposição do judiciário e as investigações avançam.



0 comentários:

Postar um comentário

Curta a Página do Blog do Neto Weba


NAVEGUE COM A MELHOR INTERNET

CUIDE DO SEU SORRISO

CUIDE DO SEU SORRISO