quarta-feira, 12 de janeiro de 2022

Braide não apoiará reeleição de Carlos Brandão

Vice-governador apoiou Duarte Jr. para prefeito em 2020. E deverá fazê-lo novamente em 2024.

Apesar do esforço hercúleo que vem fazendo desde o ano passado, através de familiares e alguns aliados, o vice-governador Carlos Brandão – que é filiado ao PSDB e prepara-se para ingressar no PSB – não terá o apoio do prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos), para o seu projeto de reeleição.

Políticos próximos ao prefeito, que ainda trata o tema sucessão do governador Flávio Dino de forma reservada e nos bastidores, apontam que o gestor da capital não se manterá neutro no processo eleitoral e, no momento certo, declinará apoio a um projeto, que não será o encabeçado pelo ainda tucano.

Irmãos de Carlos Brandão e figuras como o ex-governador José Reinaldo Tavares já procuraram pessoas próximas a Braide, como o seu pai, o ex-deputado Carlos Braide, com o objetivo de obter o apoio do prefeito.

As promessas são as mais variadas e capciosas possíveis, indo do apoio ao governo de Brandão – ele assumirá o comando do Palácio dos Leões no início de abril – à Prefeitura para execução de novas obras; até a formalização de parcerias seara política.

No entanto, os motivos para Eduardo Braide não apoiar o vice-governador são mais do que óbvios.

Em 2020, o tucano desembarcou de corpo e alma na campanha do deputado estadual Duarte Júnior (ex-Republicanos e agora no PSB), que esteve no segundo turno do pleito para prefeito de São Luís.

À época, Brandão chegou ao cúmulo de classificar como desertores políticos do campo governista que não aderiram a campanha de Duarte, mais conhecido no plenário da Assembleia Legislativa como “desmancha roda”.

Paralelo a isso, o próprio Flávio Dino, desafeto político de Eduardo Braide, esforçou-se ao máximo para eleger o aliado e derrotar o hoje prefeito.

Braide e o seu núcleo político pensante, portanto, não acreditam nas promessas de Brandão, que deverá ter Dino em sua chapa como candidato ao Senado, caso o socialista opte por deixar que o seu grupo político rompa.

Pelo contrário. Avaliam que, reeleito, o político de Colinas estará engajado no projeto de eleger Duarte, que é pré-candidato a deputado federal, prefeito de São Luís em 2024.

0 comentários:

Postar um comentário

Curta a Página do Blog do Neto Weba


NAVEGUE COM A MELHOR INTERNET

CUIDE DO SEU SORRISO

CUIDE DO SEU SORRISO