quinta-feira, 16 de dezembro de 2021

No Pará, Polícia Civil do Maranhão localiza integrante de quadrilha especializada em roubar bancos na modalidade vapor



Na última quarta-feira(15), a Polícia Civil do Maranhão com apoio da Polícia Civil do Pará, conseguiu, cumprir um mandado de prisão preventiva decorrente de decisão condenatória por crime de organização criminosa e posse de arma de fogo de uso restrito contra uma mulher. Segundo a 10ª Delegacia Regional de Imperatriz, a mulher é condenada a uma pena de 6 anos e 9 meses de reclusão.

De acordo com as investigações, na madrugada do dia 03 de fevereiro de 2017, em uma residência localizada no bairro São José, em Imperatriz, havia suspeita da presença de assaltantes de banco na região. Logo, policiais cercaram a residência e, após negociação, os denunciados resolveram se entregar, em seguida os policiais entraram na residência e apreenderam um fuzil mosquefal, dinheiro, coletes balísticos, placas balísticas, espoletas, dezenas munições, vários explosivos, coldres, machadinho de ferro, dois carros e aparelhos celulares.

Naquela ocasião, pessoas foram detidas, entre elas, a presa desta quarta-feira, que se organizavam de forma permanente e na posse de arma de fogo no intuito de cometerem roubos a instituições financeiras na modalidade “vapor” (caracterizada pelo emprego da violência e instalação de pânico e terror na cidade vitimada).

Após levantamento do GPE de Imperatriz e trocas de informações com a Polícia Civil do Pará, foi possível identificar o atual endereço da foragida e consequentemente, capturá-la. A mesma foi conduzida à Delegacia de Polícia Civil de Marabá e encontra-se à disposição da justiça.

0 comentários:

Postar um comentário


NAVEGUE COM A MELHOR INTERNET

CUIDE DO SEU SORRISO

CUIDE DO SEU SORRISO