terça-feira, 7 de dezembro de 2021

Governo confirma circulação local da variante Delta e nega registros da Ômicron no Maranhão


Variante indiana (Delta) do coronavírus estava identificada apenas em casos pontuais, mas agora é considerada de circulação local no estado. Já a variante Ômicron segue sendo uma preocupação.


A Secretaria de Estado de Saúde (SES) afirmou nesta segunda-feira (6) que a variante Delta já é considerada uma variante do coronavírus de circulação local no Maranhão, ou seja, que já tem vários casos e o governo ainda tenta rastrear as pessoas que tiveram contato o vírus.

Até então, a variante Delta (encontrada inicialmente na Índia) tinha registros pontuais no estado, como do tripulante filipino que testou positivo para a variante e chegou a ser internado em um hospital particular de São Luís.

Em relação a variante Ômicron, o governo segue afirmando que, até o momento, não há registro de casos suspeitos ou confirmados da nova variante no Maranhão, apesar do Brasil já ter registros da Ômicron.


Chamada de variante ômicron (B.1.1.529) preocupa pois tem 50 mutações — algo nunca visto antes —, sendo mais de 30 na proteína S (spike) – a "chave" que o vírus usa para entrar nas células e que é o alvo da maioria das vacinas contra a Covid-19. A confirmação de variantes ocorre por meio de sequenciamento genético.

Para evitar o contágio, é recomendável usar máscara, higienizar as mãos (com água e sabão ou álcool em gel), além da vacinação contra Covid-19

0 comentários:

Postar um comentário


NAVEGUE COM A MELHOR INTERNET

CUIDE DO SEU SORRISO

CUIDE DO SEU SORRISO