sexta-feira, 29 de outubro de 2021

PM que agrediu e atirou em servidor público em São Luis é exonerado

A Polícia Militar exonerou o policial Eduardo Luz Soares, que agrediu e atirou no servidor público Andreson Pereira da Silva durante briga em São Luís em setembro de 2018.

O PM, que era lotado no Centro Tático Aéreo (CTA), espancou o servidor após uma discussão numa loja de conveniência de um posto de combustíveis na área da Cohab.

Eram 3h da manhã quando eles dois começaram a discutir. A ação foi toda registrada por câmeras de segurança do estabelecimento.

O PM deu um soco e nocauteou a vítima. Um amigo do militar ajuda o rapaz caído a ficar de lado.

Cambaleante, o agredido consegue sair e uma discussão começa do lado de fora do estabelecimento.

Anderson toma uma rasteira do homem que antes o ajudou, e depois é novamente agredido a socos e pontapés. Na sequência, mais discussão e os tiros.

O servidor público teve fraturas no rosto e pegou dois tiros nos pés.

0 comentários:

Postar um comentário


NAVEGUE COM A MELHOR INTERNET

CUIDE DO SEU SORRISO

CUIDE DO SEU SORRISO