terça-feira, 21 de setembro de 2021

Vereadores denunciam prefeito de Cândido Mendes por suposto desvio de recursos públicos ao MPC

Os Vereadores, Pereira Filho ( PP ), Jaelson Ribeiro (PSDB) e Cleverson Sousa (PCdoB), denunciaram o prefeito de Cândido Mendes, José Bonifácio, o Facinho do PL, ao MPC - Ministério Público de Contas, apresentando uma "NOTÍCIA CRIME" por supostas irregularidades em processos licitatórios para execução de obras no município.

Os Vereadores denunciam a morosidade na execução das obras de reforma da "Ponte dos Sonhos", que liga o povoado de Estandarte ao restante do município, obra essa iniciada no mês de Junho e nunca foi concluída.

Outra questão objeto da denúncia, são os serviços de recuperação nas três estradas vicinais que ligam o povoado de Barão de Tromay ao Porto dos Sonhos, ao povoado Cocal e ao Porto do Raul.

O mais interessante, e que somente no dia 20 de agosto de 2021 e que foi divulgado os editais de chamamento para a respectivas licitações.

Tomada de preço 009-2021 9 (recuperação de estradas vicinais) com data do certamento para o dia 17.07.2021 e tomada de preço 010-2021 (reforma de pontes) com data do certamento para o dia 16.09.2021. Após as obras estarem feitas com recursos próprios da prefeitura, o prefeito ainda emplacou um edital de licitação no valor de 1.141.377.53 (Um milhão, cento e quarenta e um mil, trezentos e setenta e sete reais e cinquenta e três centavos).

Diante de todas as informações publicadas via portal da transparência do município, pode se notar que as obras foram executadas sem qualquer processo licitatório concluído ou mesmo aberto, o que configura em crime de improbidade administrativa, conforme assevera a Lei n° 8.429/1992, assim afirmam os parlamentares na Notícia Crime apresentada ao MPC.

Ao final da Notícia Crime, os vereadores, solicitam ao Ministério Público de Contas, que recomende ao prefeito, a suspensão do processo licitatório referido e posteriormente, o envio dos documentos ao Juízo competente para a propositura de ação civil pública em desfavor do prefeito Facinho, por suposta práticas de improbidade administrativa.

Agora resta esperar o posicionamento do Ministério Público de Contas em relação a essa situação quem muito vem afetando a vida do povo candidomendense.

E os demais vereadores, será que vão se calar diante de tamanho descaso por parte da gestão do prefeito Facinho?


Vamos aguardar e acompanhar de perto o desenrolar dessa triste história.


0 comentários:

Postar um comentário


NAVEGUE COM A MELHOR INTERNET

CUIDE DO SEU SORRISO

CUIDE DO SEU SORRISO