quarta-feira, 1 de setembro de 2021

Tambor de Crioula é revalidado como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil

Durante a 97ª reunião do Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural, realizada na última terça-feira (31), o Tambor de Crioula do Maranhão foi revalidado como Patrimônio Cultural do Brasil. Além dele, também passaram por esse processo o Frevo (PE) e o Ofício das Paneleiras de Goiabeiras (ES), todos aprovados por unanimidade.

Segundo o Iphan, todos os bens culturais que são registrados como Patrimônio Cultural passam pelo processo de revalidação a cada dez anos, de acordo com o Decreto nº 3.551/2000. O objetivo é investigar sobre a atual situação do bem cultural, verificar mudanças nos sentidos e significados atribuídos, entre outros aspectos.

A presidente do Iphan, Larissa Peixoto, destacou que além dos registros e revalidações, o Iphan também vêm trabalhando no planejamento de ações para concluir o processo de proteção e valorização de todos os 50 bens registrados no Brasil

Sobre o Tambor de Crioula:

O Tambor de Crioula do Maranhão (MA) é registrado como Patrimônio Cultural Imaterial desde 2007. Tradição em grande parte dos municípios maranhenses, a manifestação envolve dança circular, canto e batuque de tambores. Tem origem afro-brasileira e é dançada em louvor a São Benedito, em praças, terreiros e festas. O ponto alto da dança é a punga ou umbigada – ato em que as dançadeiras se cumprimentam batendo barriga com barriga.

*Com informações do Iphan.

0 comentários:

Postar um comentário

CUIDE DO SEU SORRISO

CUIDE DO SEU SORRISO

Internet de Qualidade