sexta-feira, 9 de julho de 2021

Flávio Dino alerta para baixa procura para a 2ª dose da vacina

O governador Flávio Dino (PSB) destacou, em entrevista coletiva virtual, nesta sexta-feira (9), a baixa procura por parte de profissionais da Segurança Pública e Educação para a 2ª dose da vacinação contra a Covid-19.

Flávio Dino fez um apelo a esses profissionais para que completem a imunização com a 2º dose. “Eu quero pedir a esses profissionais que já foram vacinados com a 1º dose que compareçam aos locais de vacinação. Nós tivemos um ponto em que em apenas um dia foram vacinadas 9 pessoas. A segunda dose é imprescindível. A imunização fica completa com a 2ª dose.Quanto mais gente protegida com 2ª dose melhor não apenas para a pessoa, mas para a comunidade. A imunização só se completa com a 2ª dose. Por tudo isso quero destacar a importância da 2ª dose de acordo com as datas que constam no documento de vacinação”, explicou Dino.

Flávio Dino lamentou que 67 municípios não alcançaram a aplicação de 85% das vacinas recebidas e que continuarão retidas as doses dessas cidades até que ela atinjam o patamar desejado.

O governador disse estar acompanhando a situação das variantes da Covid-19, mas que não existe motivo no momento para maior preocupação. Ele disse que está analisando a possibilidade de reduzir o intervalo da vacinação com a astrazeneca. “È possível que já tenhamos uma posição na próxima semana, pois o nosso comitê de saúde já está discutindo esse assunto”, afirmou.

Flávio Dino disse que no Maranhão a escolha de vacinas por parte das pessoas não é significativo. “Desde o início nós temos afirmado que vacina boa é a vacina no braço. As pessoas querem tomar a Pfizer, mas um estudo já aponta a necessidade de uma terceira dose com a Pfizer”, disse.

O governador disse que um instituto da Bahia ficará responsável pela administração da vacina Sputinik V nos estados do Nordeste e que serão imunizadas pessoas entre 18 e 60 anos, seguindo todas as diretrizes determinadas pela Anvisa.

Medidas restritivas – Flávio Dino manteve as medidas restritivas anunciadas no último dia 2 de julho em vigor, mas agora as academias (das 6h à 0h) e shoppings estão autorizados a funcionar em horário pleno.

Os eventos seguem liberados para 150 pessoas até 0h e o funcionamento de bares restaurantes e supermercados até 0h. Igrejas e academias podem funcionar com 70% de suas capacidades. As repartições estaduais seguem funcionando com até 80% das atividades presenciais

0 comentários:

Postar um comentário

CUIDE DO SEU SORRISO

CUIDE DO SEU SORRISO

Internet de Qualidade