quinta-feira, 3 de junho de 2021

Simplício Araújo faz balanço sobre criação de empregos

Secretário exaltou empregos formais e citou necessidade de ampliar produção de arroz, pois não supre as necessidades do Maranhão, que importa 90%

O secretário de Estado de Indústria, Comércio e Energia do Maranhão (SEINC), Simplício Araújo, realizou uma transmissão ao vivo sobre criação de empregos no Maranhão através do canal GovernoMA, na plataforma YouTube, nesta quarta-feira (2).

O titular da SEINC sinalizou que o Maranhão gera empregos formais há cinco anos consecutivos, e destacou o ano de 2020 que, mesmo com a pandemia da Covid-19, o Maranhão foi o estado do Nordeste que mais criou empregos através de 23 mil postos de trabalho, enquanto que o Ceará proporcionou 16 mil empregos e Piauí garantiu 9 mil postos. Simplício Araújo destaca que este resultado foi efeito do aumento de recursos à frente da saúde e na questão econômica, garantindo um equilíbrio entre a preservação de vidas e o pagamento de salários em dia.

Cenário para novos negócios

Simplício Araújo reforça a importância da união entre setor público e privado através da transparência das informação. Isto posto, menciona ações que geram confiança, tais como a coletiva de imprensa do governador Flávio Dino realizada toda sexta-feira e que a SEINC sempre retorna as ligações do setor empresarial. Além do fomento à economia, Simplício Araújo destaca a criação de Escolas Dignas, estradas, ampliação da Avenida Litorânea, praças, parques ambientais, entre outros, como ações que geral cenário positivo para novos negócios e confiança do interesse social.

Novos empreendimentos

Dentre as ações do Governo do Estado, Simplício Araújo cita o acesso ao crédito para empreendedores do agronegócio, que o Centro de Produção de Gesso no Complexo de Grajaú já é o maior do Brasil, agilidade no licenciamento e outras importantes decisões como o Macro Zoneamento Ecológico-Econômico (ZEE) que visa permitir ampliação significativa de investimentos no Governo do Estado. Na oportunidade, o titular da pasta cita que o Porto do Itaqui constrói um novo berço e incentiva a vinda do Porto São Luís e o Porto Licenciado de Alcântara que está na expectativa de investidores.

Áreas de atuação da SEINC para geração de empregos

O secretário de Estado de Indústria, Comércio e Energia do Maranhão (SEINC), Simplício Araújo, destaca o Complexo Portuário, visto que o Porto do Itaqui é responsável por 5 indústrias na grande São Luís que produzem fertilizantes. Além disso, menciona o Complexo Logístico com três ferrovias que cortam o Estado e movimentação importantes de grãos na região de Balsas e Chapadinha. Simplício Araújo destaca a determinação para que todas as secretarias, não somente a SEINC, contribuam para capacitar as pessoas e inseri-las ao mercado de trabalho.

Grande vocação do Maranhão

Dentre os vários aspectos como o turismo, exportação de soja, milho, etc, o secretário destacou o grande potencial do Complexo Portuário que envolve o Porto da Alumar, Porto do Itaqui e Porto da Vale, ressaltando que todo ano o Itaqui supera recordes, o Porto da Vale movimenta milhões com toneladas de cargas. Simplício Araújo ainda cita produção de gesso para atacado e varejo e que antes o Maranhão não produzia papel, agora produz através da verticalização da celulose. O titular da SEINC salientou a importância de ampliar a produção de arroz, porque o que se faz em São Mateus não supre as necessidades do estado e 90% tem que ser importado.

O secretário de Estado de Indústria, Comércio e Energia do Maranhão (SEINC), Simplício Araújo, destacou a geração de empregos formais no Maranhão considerando o recente levantamento do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) no Brasil. O titular da SEINC é pré-candidato a governo do Estado e tenta surgir como um nome de consenso do grupo de Flávio Dino, cuja eleições vão ocorrer em 2022.

0 comentários:

Postar um comentário

CUIDE DO SEU SORRISO

CUIDE DO SEU SORRISO

Internet de Qualidade