terça-feira, 29 de junho de 2021

Polícia cumpre mandado de prisão contra suspeito de envolvimento na morte de criança em Viseu

 Apontado como participante do assassinato menina Ravyla Sousa, de 10 anos, não teve a identidade revelada pela polícia e foi apresentado na Delegacia Geral.




A Polícia Civil do Pará cumpriu, na manhã desta terça-feira (29), o mandado de prisão contra um suspeito de envolvimento na morte da menina Ravyla Sousa, assassinada no município de Viseu, no nordeste do Pará. O suspeito não teve a identidade revelada pela polícia e foi apresentado na Delegacia Geral.

Segundo a Polícia Civil, o suspeito estava com mandado de prisão em aberto deste a última sexta (25). Durante as diligências, imagens de circuito interno de câmeras foram analisadas e identificaram o homem levando a criança em um carro prata.

De acordo com a Polícia, depoimentos colhidos de testemunhas apontam que o suspeito também esteve envolvido em casos de assédio. Uma adolescente informou aos policiais que foi assediada pelo suspeito, em outra oportunidade, com palavras de baixo calão.

Relembre o caso

A menina Ravyla Sousa, de 10 anos, esteve desaparecida por quatro dias, até ser encontrada morta por moradores da região de Viseu. A criança havia saído, na segunda-feira (21), para fazer compras para a família em uma feira próxima de onde morava e não voltou.

O corpo de Ravyla foi encontrado na sexta (25) na localidade de Porto Grande, na zona rural de Viseu. Uma equipe do Centro de Perícias Renato Chaves (CPCRC) de Bragança foi acionado para realizar a remoção.

G1 Pará

0 comentários:

Postar um comentário

CUIDE DO SEU SORRISO

CUIDE DO SEU SORRISO

Internet de Qualidade