sexta-feira, 9 de abril de 2021

SÃO LUIS | Secretário de Comunicação detona Duarte “Canalha, dissimulado, mentiroso”


O clima esquentou entre o secretário de Comunicação da Prefeitura de São Luís, Joaquim Haickel, e o deputado estadual Duarte Júnior.

Inconformado com a derrota democrática nas urnas, Duarte tem procurado “chifre na cabeça de cavalo” para tecer emitir qualquer crítica, mínima que seja, contra a gestão do seu algoz, o prefeito de São Luís, Eduardo Braide, que nem alcançou 100 dias de gestão, no meio de uma pandemia.

Duarte fez um questionamento sobre o valor que a Prefeitura de São Luís destinou a Comunicação e ainda disse que a gestão de Braide investiu recursos para adesivar lixeiras. Veja abaixo.


A Prefeitura de São Luís, para rebater a informação de Duarte, emitiu uma Nota sobre a postagem do parlamentar, derrotado nas eleições de 2020. Veja abaixo.

Sobre as notícias falsas propagadas pelo deputado Duarte Júnior, a Secretaria Municipal de Comunicação (SECOM) informa que não pagou ou tem qualquer contrato para troca de adesivos de lixeiras da cidade.

Outrossim, aproveita a oportunidade para informar que os recursos orçamentários da SECOM, bem como toda a movimentação financeira decorrente das ações implementadas pela Secretaria, estão disponíveis no Portal da Transparência, no site da Prefeitura.

Haickel – No entanto, o debate não parou por aí, já que o secretário Joaquim Haickel resolveu escrever um texto: “Canalha, dissimulado, mentiroso“, tratando a respeito da postagem de Duarte Júnior.

Antes do texto, Joaquim fez questão de deixar claro que escreveu o texto como cidadão e não como secretário de Comunicação.

“Existe um Joaquim Haickel que ESTÁ Secretário de Comunicação de São Luís, e como tal deve se portar, e um outro Joaquim Haickel, que É cidadão e deve continuar a ser como é e sempre foi, até por coerência e legitimidade, por isso o secretário fez circular uma nota da SECOM (postada acima) e o cidadão escreveu o texto que se segue, por acreditar que as coisas devem ser colocadas em seus devidos lugares, no que diz respeito a mentiras propagadas pelo deputado Duarte Junior”, afirmou. Veja abaixo o duro texto de Joaquim Haickel sobre a postagem de Duarte Júnior.

“Sobre as notícias falsas ditas pelo deputado Duarte Júnior e propagadas por alguns poucos “jornalistas” detentores das mesmas características dele, eu poderia dizer simplesmente que a troca dos adesivos das lixeiras da cidade de São Luís não foi paga pela secretaria de comunicação.

Só isso já bastaria para calar uma boca imunda, que não deveria ser aberta, a não ser para alimentar seu corpo circense. Ocorre que meus pais me ensinaram que eu não deveria jamais procurar briga, muito menos com alguém mais fraco, menos capacitado, física ou mentalmente, pois isso seria covardia. Eles também me ensinaram que quando provocado, eu deveria resistir o máximo que pudesse, mas que quando não houvesse jeito, só saísse dela, tendo vencido. Uma das frases preferidas de meu pai era: “Dou um boi para não entrar numa briga, mas uma boiada para não sair dela”.

Por tudo isso e para não correr o risco de cometer algum equívoco ou injustiça, fui procurar no dicionário o significado da palavra CANALHA e confirmei que ela é usada para designar pessoa vil e reles. Que pode ser usada como adjetivo e substantivo de dois gêneros, mas sempre para indicar aquele que é infame, abjeto, velhaco.

Não satisfeito, fui atrás do significado da palavra DISSIMULADO e vi que essa palavra é usada para alguém fingido, falso, artificial, enganador, sonso, afetado, finório, manhoso, malicioso…

Para ter certeza do significado da palavra MENTIROSO não precisei recorrer ao dicionário, bastou eu me lembrar da cara do deputado Duarte Júnior e de alguns dublês de jornalistas que existem por aí!

É que este cidadão canalha, dissimulado, mentiroso, acha que ser como é, lhe dá alguma vantagem sobre as pessoas… Pode até ser, mas comigo não, carnaval.

Ao utilizar-se de um microfone aberto em uma emissora local de rádio, o deputado além de ter mentido, mostrou completo despreparo quanto ao assunto abordado e confirmou o fato de não ter um bom caráter, agindo de forma abjeta e politiqueira no que diz respeito ao enfrentamento da pandemia.

Um assunto como esse, não deve e não pode servir de palanque, muito menos para dar vasão a mágoas ou ressentimentos de alguém que perdeu fragorosamente uma eleição, na qual o povo de São Luís disse NÃO às suas sandices e SIM à esperança de ter Eduardo Braide como seu prefeito.

Se esse senhor não sabe, a Secretaria de Comunicação do Município de São Luís não gastou R$ 7 milhões para adesivar lixeiras, locais onde cada palavra saída de sua boca deveria estar. A nossa equipe de Comunicação trabalha para bem informar os ludovicenses, diferente desse “senhor” que oferece completo desserviço cada vez que abre a boca e se utiliza de blogueiros que, como já disse, possuem suas mesmas características.

Um trabalho sério como o que está sendo realizado pela SECOM, não deve e não pode ser colocado em dúvida por alguém que se diz conhecedor de leis, mas que não sabe acessar o site e as redes sociais da Prefeitura, onde constam diariamente os números de vacinação, bem como de leitos exclusivos para a Covid-19.

Ele mente, mente, mente e o que é pior, parece que mesmo isso sendo claro, há quem dê crédito às suas mentiras!…

A sua gana por mídia, não pode e não será maior que a vontade do povo desta cidade que, graças a Deus, soube dizer NÃO ao seu projeto de poder.

São Luís não deve ser usada como umbigo de trastes como estes, e as pessoas de nossa cidade não podem ser tratadas por eles, como marionetes.”

Como dizia meu finado avó, quem escreve o que quer, lê o que não quer.

O Blog ainda trata do assunto, em outra postagem, para mostrar mais uma incoerência de Duarte Júnior sobre o assunto.

É aguardar e conferir.

0 comentários:

Postar um comentário