domingo, 11 de abril de 2021

Com vendas de portos e aeroportos, Maranhão é o mais beneficiado nos leilões da MInfraWeek




O Maranhão foi o estado mais beneficiado, pelo volume de negócios, com a realização de três rodadas de leilões da MInfraWeek, de quarta-feira (07) a sexta-feira (09), quando foram cedidos à iniciativa privada dois aeroportos (São Luís e Imperatriz) e quatro terminais portuários no Itaqui. Além destes, foram leiloados, de outros estados, vinte aeroportos, um terminal portuário (Rio Grande do Sul) e uma ferrovia na Bahia.

Os aeroporto Hugo da Cunha Machado (São Luís) e Renato Cortez Moreira (Imperatriz) faziam parte do Bloco faziam parte do Bloco Central, do qual também fazia os de Goiânia (GO), Palmas (TO), Teresina (PI) e Petrolina (PE). Por esse bloco, o Grupo CCR pagou R$ 754 milhões.

Sobre os leilões dos 22 aeroportos (blocos Norte, Central e Sul), o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, comemorou:

“Fiquei muito feliz com a participação dos grupos que aqui estão, todos qualificados, todos de ponta, todos com bom histórico na infraestrutura do Brasil e do mundo. Dentro da nossa estratégia de crescimento da aviação civil, o investimento na infraestrutura aeroportuária é fundamental. É óbvio que é preciso também ter flexibilidade regulatória, e nós estamos trabalhando nisso, que é preciso ter acordos de céus abertos e atuar na questão do preço do combustível, mas infraestrutura é fundamental”, disse ele.

VIA AQUILES EMIR

0 comentários:

Postar um comentário

CUIDE DO SEU SORRISO

CUIDE DO SEU SORRISO

Internet de Qualidade