terça-feira, 2 de março de 2021



Como já virou rotina na atual administração de São José de Ribamar, quase todo dia tem algum protesto na porta da prefeitura. Desta vez, trabalhadores e trabalhadoras da empresa Comserv, terceirizada que prestava serviço para a Prefeitura do município, além de serem demitidos, estão sem receber seus direitos trabalhistas e sequer pelos dias trabalhados.

Além de romper contratos com terceirizados, a gestão de Julinho tem sido marcada por demissões injustificadas de comissionados e atrasos de salários.

0 comentários:

Postar um comentário