sexta-feira, 26 de março de 2021


Prefeito Dr. Julinho disse que recursos serão investidos na recuperação da infraestrutura do município.


Em sessão remota por vídeo conferência realizada nesta última quinta-feira (25), a Câmara Municipal de São José de Ribamar aprovou projeto de lei, de autoria do Executivo, autorizando a Prefeitura a contrair empréstimo, no valor de R$ 30 milhões, junto a Caixa Econômica Federal.

Dos 21 vereadores, 20 votaram favoráveis, seguindo pareceres emitidos pelas Comissões de Constituição e Justiça e de Orçamento da Casa.

Os recursos, de acordo com justificativa contida no projeto, serão empregados na execução de obras de infraestrutura urbana, obras civis, obras em concreto armado, pavimentação asfáltica, drenagens e instalações gerais nas zonas urbana e rural da cidade do Santo Padroeiro do Maranhão.

Segundo o prefeito Júlio Matos (PL), serão executadas ações de recuperação da infraestrutura de bairros situados na chamada região das Vilas, como Jardim Tropical I e II; de toda a região do Araçay; além de drenagem profunda no Parque Jair e instalação de uma praça na Vila Dr. Julinho, por exemplo.

“De imediato, estes serão alguns dos serviços realizados. Levaremos a todos os ribamarenses a trafegabilidade. Transformares São José de Ribamar em um canteiro de obras”, afirmou o gestor em um vídeo postado em suas redes sociais (veja Aqui).

Único a votar contra a proposta, o vereador Professor Cristiano (SDD) disse que adotou um posicionamento técnico e não político.

“O projeto não continha informações importantes, como número de parcelas de pagamento do empréstimo, prazo para quitação, dentre outras. Não sou contra o empréstimo. No entanto, defendo que estes recursos sejam distribuídos igualitariamente para beneficiar todas as regiões da cidade. Além disso, não concordo com o fato do Município usar 100% da sua capacidade de contratação de crédito. Por isso me abstive de votar os pareceres das Comissões e me posicionei contrário”, afirmou.

0 comentários:

Postar um comentário