sexta-feira, 4 de dezembro de 2020

Ministério Público aponta indícios de abuso de autoridade em ação truculenta de PM’s



O Ministério Público do Maranhão (MP-MA) apontou nesta quarta-feira (2), que há indícios de abuso autoridade durante a abordagem policial truculenta que aconteceu no último domingo (29). O caso ganhou repercussão no estado por conta da violência dos policiais militares.

A promotora de justiça, Fabíola Fernandes Ferreira, titular da 2ª Promotoria de Rosário, afirmou que pelas imagens divulgadas que registraram a agressão, pode constatar que houve a prática, inclusive com lesões corporais. Durante a ação, um Cláudio Rodrigues Sales, de 37 anos, foi atingido com tiro de bala de borracha efetuados por policiais militares.

“Vamos identificar a autoria, a materialidade, que já está delimitada, e ao final responsabilizar os policiais militares. Pelas imagens pudemos constatar que houve abuso de autoridade, inclusive com lesões corporais”, disse Fabíola Fernandes Ferreira.

Um inquérito foi instaurado pela Promotoria de Justiça Militar em conjunto com as Promotorias da cidade de Rosário para investigar o caso. Os três policiais envolvidos na abordagem foram identificados e afastados da função. A conduta dos militares será investigada.

0 comentários:

Postar um comentário

CUIDE DO SEU SORRISO

CUIDE DO SEU SORRISO

Internet de Qualidade