sexta-feira, 30 de outubro de 2020



O governador Flávio Dino se manifestou sobre a piada homofóbica do presidente Jair Bolsonaro, que durante a visita ao Maranhão disse que viraria “boiola, igual maranhense”, após tomar o refrigerante Jesus, pela cor rosa do produto genuinamente maranhense.

Primeiro, o governador se manifestou durante uma reunião por videoconferência com auxiliares dizendo que eles deveriam comemorar os bons resultados tomando o refrigerante. “Guaraná Jesus faz bem, é uma coisa boa que a gente serve para os visitantes, até para os visitantes mal educados”, disse em resposta ao comentário do presidente.

Logo após, no Twitter, o governador disse que irá processar o presidente pela ofensa. “Bolsonaro veio ao Maranhão com sua habitual falta de educação e decoro. Fez piada sem graça com uma de nossas tradicionais marcas empresariais: o guaraná Jesus. Será processado”, afirmou.

0 comentários:

Postar um comentário