quinta-feira, 13 de agosto de 2020

Uma equipe da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Pesca do Maranhão (Sagrima) esteve no município de Timon para mais uma etapa de visitação e acompanhamento técnicos nas áreas produtivas de comunidades rurais beneficiadas com ações do Programa Mais Produção, do Sistema Estadual de Produção e Abastecimento (SEPAB) em parceria com a prefeitura. 

A visita ocorreu no último dia 30. Participaram da equipe, a secretária de Apoio Institucional e Coordenadora do SEPAB, Rosany Aranha; e o superintendente de Planejamento de Políticas de Desenvolvimento Rural, Fernando Trinta.

“Aqui foram implantados campos produtivos. São 60 hectares irrigados por kits cedidos pelo programa. Os produtores foram beneficiados, ainda, com patrulha agrícola, estufa e um caminhão para transportar frutos, fortalecendo a produção local. São mais de 100 produtores envolvidos no programa”, enfatizou Rosany Aranha.

Durante a visita, a equipe da Sagrima constatou considerável mudança na vida dos beneficiados com o Programa Mais Produção. Ana Lima Mota, moradora do povoado Mundo Novo, já produziu melancia e maracujá e, atualmente, cultiva hortaliças. Ela afirma que muita coisa mudou na vida da família dela desde começou a participar do programa. 

“Hoje, eu vivo da agricultura familiar. Antigamente eu tinha uma casinha de taipa e agora, graças ao meu trabalho e a ajuda do Programa Mais Produção, estou acabando de construir minha casa de alvenaria”, comemorou a produtora que vê toda a sua produção comercializada nos programas institucionais e os excedentes no comércio local. 

“A gente percebe a importância da continuidade do Programa Mais Produção do Sistema Estadual de Produção e Abastecimento ao verificar, in loco, o quanto que esses produtores conseguiram agregar valor à sua produção”, ressaltou Rosany Aranha. 

SEPAB

O Sistema Estadual de Produção e Abastecimento (SEPAB), instituído pelo Decreto 30.851 de 2015, foi pensado como estratégia de desenvolvimento para superar gargalos crônicos da produção maranhense. Tem como base a ideia de que ação governamental, objetivando o recrudescimento da produção e da produtividade, pode acontecer de maneira compartimentalizada e pouco dialógica. 

O SEPAB é calcado no compromisso de fazer diferente e gerar correntes de ação sinérgicas no governo. No Governo do Estado, é o responsável pela implementação do programa Mais Produção, executado por meios de ações promovidas pelos órgãos componentes do SEPAB.

Os órgãos que compõem o SEPAB são Sagrima, Secretarias de Estado de Governo (Segov), de Agricultura Familiar (SAF), de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), de Desenvolvimento Social (Sedes), de Trabalho e Economia Solidária (Setres), Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED/MA), Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural do Maranhão (AGERP/MA), Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma/MA) e o Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (IMESC).

0 comentários:

Postar um comentário