sexta-feira, 24 de julho de 2020


O presidente do Solidariedade no Maranhão, secretário de Indústria, Comércio e Energia, Simplício Araújo, demonstrou preocupação com os rumos do processo eleitoral de São Luís e afirmou que esquemas desgastados em prefeituras do interior do estado podem acabar sendo replicados em São Luís.

“São Luís precisa urgentemente despertar para o jogo sujo que envolve alguns grupos políticos, porque se [a cidade] não entrar na Eleição, a velha política vencerá”, disse o presidente, ao afirmar que várias correntes políticas querem usar modelos ultrapassados para chegar à prefeitura da capital maranhense.

Para Simplício Araújo, em tempos de pandemia do coronavírus, é necessário se pensar cada vez mais em políticas públicas relacionadas à área da saúde e, também, à questão da segurança, outro grande problema vivido no município. “A capital do estado vive um momento delicado e repetir fórmulas que não atendem à necessidade do povo seria um erro. Este olhar de gestor é necessário para que São Luís consiga superar o abandono da rede municipal de saúde e repense formas de garantir que o cidadão ludovicense se sinta seguro”, reforçou.

“Estamos buscando incentivar novas lideranças. É isso que o Maranhão precisa. É isso que São Luís precisa”, afirmou Simplício. “A pré-candidatura de Carlos Madeira traz maturidade para a discussão, possibilidade de uma visão de quem realmente conhece os gargalos que atrapalham a vida dos habitantes de São Luís de perto, porque viveu e venceu a maioria deles”, acrescentou o Presidente Estadual do Solidariedade.

0 comentários:

Postar um comentário