quinta-feira, 18 de junho de 2020

SES anuncia volta de consultas, exames e cirurgias eletivas na Grande São Luís


Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão divulgou ainda readequações em hospitais da Região Metropolitana.


Anúncio foi feito pelo secretário de estado de saúde Carlos Lula — Foto: Reprodução/ TV Mirante
Em entrevista coletiva realizada na manhã desta quinta-feira (18) a Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão anunciou novas medidas no que chamou de "nova fase" da doença na Região Metropolitana maranhense. A SES divulgou o retorno das unidades laboratoriais nas policlínicas, retorno de cirurgia eletivas e readequações de hospitais da chamada Grande Ilha.

"Como vocês devem está notando a gente tem uma ocupação hoje pequena em relação ao leitos de enfermaria. Ela está em 25% e nos leitos de UTI ela está em torno de 70%. De modo que já no boletim de hoje (quinta, 18) a gente vai ter a exclusão de algumas unidades e esses leitos passam a não ser mais exclusivos para Covid-19 e passam a ser leitos da nossa rede em geral", disse o secretário de saúde do estado, Carlos Lula.

De acordo com a SES serão reabertas as Policlínicas do Diamante e Vila Luizão, o Hospital Carlos Macieira, o Nina Rodrigues, o Juvêncio Matos, o Hospital de Câncer do Maranhão e o Hospital de Traumatologia e Ortopedia. As medidas de reabertura gradual estão sendo feita somente na Grande Ilha e interior do Estado segue adotando os atuais protocolos.

Os exames laboratoriais já iniciaram retorno de maneira gradual e os atendimentos estão sendo feitos inicialmente para quem já tinha agendamento realizado, de acordo com a SES. As cirurgias eletivas começarão a ser feitas a partir desta segunda-feira (22).

Ainda sobre as cirurgias eletivas a Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão disse que todos os pacientes deverão passar por testes de Covid-19 antes de qualquer procedimento. Essa medida faz parte do protocolo de reabertura do atendimento eletivo.

Segundo a SES, inicialmente a capacidade a ser aplicada na volta desses atendimentos será de 40%. Haverá também um novo cronograma de horários para evitar aglomerações.

A SES informou ainda que o Centro de Saúde Genésio Rêgo, na Vila Palmeira, em São Luís, irá ser transformado em um hospital de doenças tropicais após a pandemia. Além disso dentro de suas dependências funcionará um centro de pesquisa.

O Maranhão chegou a 64.735 casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus de acordo com os dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgados na noite desta quarta-feira (17). O boletim epidemiológico diz ainda que o estado tem 1.570 mortos e 39.386 curados da doença.

G1 MA

0 comentários:

Postar um comentário

CUIDE DO SEU SORRISO

CUIDE DO SEU SORRISO

Internet de Qualidade