quarta-feira, 27 de maio de 2020


Nesta quarta-feira (27), o deputado federal Márcio Jerry (PCdoB) declarou apoio à operação da Polícia Federal (PF), que cumpre 29 mandados de busca e apreensão no âmbito do inquérito das fake news, que apura ofensas, ataques e ameaças contra ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

“Há muito o que ser esclarecido, investigado e punido nas operações do conhecido gabinete do ódio. Na CPMI [Comissão Parlamentar Mista de Inquérito] das Fake News, encontramos muitos indícios graves, e o trabalho ainda não terminou”, disse.

Empresários, ativistas bolsonaristas e políticos ultraconservadores também estão entre os alvos da investigação da PF, como Luciano Hang, proprietário das lojas Havan, os blogueiros Allan dos Santos e Sara Winter, os deputados federais Bia Kicis (PSL-DF), Carla Zambelli (PSL-SP), Daniel Lúcio (PSL-RJ), Filipe Barros (PSL-PR), Junio Amaral (PSL-MG), Luiz Phillipe de Orleans e Bragança (PSL-SP), os deputados estaduais Douglas Garcia (PSL-SP) e Gildevânio ‘Carteiro Reaça’ Ilso (PSL-SP), e o ex-deputado Roberto Jefferson (PTB).

0 comentários:

Postar um comentário