terça-feira, 14 de abril de 2020

Partiu do secretário de Indústria e Comércio a movimentação que resultou na compra de 107 respiradores, que já se encontram em São Paulo e devem chegar o Maranhão nos próximos dias; outros 80 devem ser comprados em breve.



Simplício Araújo articula com empresários a doação de equipamentos a serem usados no combate ao coronavírus

Coube ao secretário de Indústria e Comércio, Simplício Araújo, a articulação para a compra de 107 respiradores mecânicos para uso em pacientes com CoVID-19 no Maranhão.

Araújo já garantiu 107 desses aparelhos, que já estão em São Paulo e devem chegar ao Maranhão nos próximos dias; outros 80 devem ser chegar até o fim de abril. 

Participaram da compra – que inclui também termômetros, álcool em gel e testes rápidos – as empresas Ômega Energia, Alumar, Eneva, Grupo Mateus, EDP Linhas de Transmissão, Suzano, Gera Maranhão Energia, Universidade Ceuma, Heineken, Lavronorte, Fribal, Grupo Maratá, Comercial Rofe, Centro Elétrico, Potiguar, Roque Aço Cimento, Revest Com. e Serviços, COC, Dínamo Engenharia, Faculdade ISL Wyden, Vale, Canopus, Sinduscon, Silveira Engenharia, Dimensão Engenharia, Construtora Escudo, Lua Nova Engenharia, Alfa Engenharia, RJ distribuição, RBC Construções e Constans.

O custo total desta articulação, estima Simplício Araújo, é de cerca de R$ 10 milhões. 

0 comentários:

Postar um comentário