sábado, 11 de abril de 2020
Equipes trabalham nos serviços essenciais da ponte entre Central e Bequimão (Foto: Divulgação)
Para não comprometer o total andamento de uma das obras mais complexas do Estado, o Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra), reorganizou o cronograma das atividades essenciais na ponte entre Central e Bequimão.

Muitos dos materiais que já estavam produzidos no canteiro de obras da ponte precisavam ser utilizados para não haver desperdícios. Porém, neste momento delicado, as equipes se organizam com um rigoroso controle de segurança devido à Covid-19, para que algumas etapas da obra sejam executadas.

As equipes realizaram teste de integridade das estacas e serviços de concretagem nos blocos.

Desde o mês passado, no total, 23 carretas chegaram no canteiro com as vigas da estrutura metálica para compor as etapas do processo de construção da ponte.

O secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto, destaca o esforço dos trabalhadores na construção da ponte. “Estamos trabalhando com os materiais remanescestes da obra para que eles não percam a usabilidade. Nossos trabalhadores estão se empenhando e tomando todos os cuidados devidos para avançar com essa obra de muita importância para as comunidades do Litoral Ocidental e de todo o estado”, disse o secretário.

Fases da obra

A obra da ponte que liga Central até Bequimão é complexa e envolve várias fases de execução, em solo e na água. Após os trabalhos em água serem concluídos, a obra passará pela etapa de montagem das estruturas metálicas e, posteriormente as equipes passarão a colocar as lajes, dando assim, forma a estrutura da ponte.

0 comentários:

Postar um comentário