domingo, 12 de abril de 2020

A vítima estava internada no Hospital Carlos Macieira, onde ficou entubada, mas acabou não resistindo às complicações da doença




Uma auxiliar de enfermagem identificada como Maria Madalena Barbosa Souza, de 61 anos, morreu com o novo coronavírus, em São Luís, na madrugada deste domingo (12). De acordo com o Conselho Regional de Enfermagem do Maranhão (Coren-MA), a vítima apresentava doenças preexistentes.

A auxiliar de enfermagem trabalhava na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Vinhais e no Hospital Municipal Djalma Marques (Socorrão I), e foi afastada no dia 20 de março, quando começou a apresentar os sintomas da Covid-19.

Ela chegou a ser atendida na UPA do Vinhais, depois foi levada para o Hospital de Cuidados Intensivos (UCI) e, quando seu quadro de saúde se agravou, ela foi encaminhada para o Hospital Carlos Macieira, onde ficou entubada, mas acabou não resistindo às complicações da doença.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) lamentou o falecimento da profissional da Saúde. A Junta Interventora do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) no Coren-MA, por meio de nota, também prestou condolências pela morte da auxiliar de enfermagem.


“Neste momento de dor e lamento, a Junta Interventora do Cofen no Coren-MA expressa as mais sinceras condolências aos familiares e amigos da profissional de enfermagem, rogando a Deus que dê aceitação e consolo para todos aqueles que conviveram com a ela nesta vida.

O Conselho também se solidariza e ao mesmo tempo parabeniza todos os enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem do Maranhão e do Brasil que estão diuturnamente protagonizando o combate ao novo coronavírus dentro das unidades de saúde. A atuação desses profissionais é de fundamental importância no enfrentamento dessa doença.

Além disso, o Coren-MA reitera a importância de serem seguidas as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) do isolamento social enquanto durar a pandemia provocada pelo novo coronavírus. É dessa forma que pode ser feito o efetivo combate à Covid-19 com o intuito de diminuir a quantidade de vítimas da doença.”Conselho Regional de Enfermagem do Maranhão (Coren-MA)

0 comentários:

Postar um comentário