quinta-feira, 19 de março de 2020

Até o momento, 22 casos foram confirmados por meio de exames laboratoriais.




Sete óbitos continuam sendo investigados pela Secretaria de Saúde do Maranhão por suspeita de H1N1. De acordo com o último boletim divulgado pela SES, dez óbitos já haviam sido notificados pela suspeita de infecção do Influenza A.

Entre os registros, um caso foi confirmado e os outros dois descartados após análise das amostras feitas pelo Instituto Evandro Chagas, órgão vinculado à Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS) do Ministério da Saúde (MS).

Até o momento, 22 casos foram confirmados por meio de exames laboratoriais.

A Secretaria reforça ainda que medidas adotadas pelo Governo do Estado garantem a redução de contágio pela doença.

Confira a nota na íntegra:


A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informa que, até o momento, o Maranhão contabilizou 22 casos confirmados de H1N1, por meio de exames laboratoriais. O estado notificou 10 óbitos, sendo um confirmado e dois descartados após análise das amostras feitas pelo Instituto Evandro Chagas, órgão vinculado à Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS) do Ministério da Saúde (MS); outros sete seguem em investigação.

A SES destaca, ainda, que as medidas adotadas pelo Governo do Estado, como a orientação ao isolamento domiciliar para tratamento de sinais e sintomas gripais, além da suspensão das atividades com aglomeração de pessoas, garantem a redução do contágio, consequentemente, inibem o aumento de novos casos.

Por fim, a Secretaria orienta a todos que mantenham hábitos de higiene como a lavagem constante das mãos com água e sabão, uso de álcool em gel, cobrir boca e nariz com o cotovelo ao tossir ou espirrar.

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Rádio do seu Coração

Quer a melhor internet?

Quer a melhor internet?
Entre em contato agora mesmo.