sexta-feira, 27 de dezembro de 2019


Em 2019, o foco dos deputados federais maranhenses foi mostrar aos cidadãos do Estado as benfeitorias feitas por eles. Para isso usaram R$ 1.643.560,64 milhão da CEAP (Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar), mas conhecida como “cotão”.

A quantia usada em divulgação da atividade parlamentar lidera o ranking de gastos dos congressistas nesse ano, que somaram R$ 6.261.311,78 milhões.

Os deputados também esbanjaram bastante com a emissão de bilhetes aéreo, cerca de R$ 1.228.746,91 milhão foram usados no serviço; com consultorias, pesquisas e trabalhos técnicos, o gasto foi de R$ 1.136.711,50 milhão com a contratação de empresas para desenvolver os trabalhos.

Além destes, os parlamentares aproveitaram o “penduricalho” e não economizaram na locação de veículos, em combustíveis, manutenção de escritórios de apoio e outros serviços. O custo total desses serviços foi de R$ 2,2 milhões aos cofres públicos.

As informações foram divulgadas pelo Portal da Transparência da Câmara Federal.

0 comentários:

Postar um comentário