quarta-feira, 25 de setembro de 2019

Acusado era vizinho da vítima de oito anos, que era paga por ele para realizar serviços domésticos em sua casa.



Sede do Tribunal de Justiça do Maranhão — Foto: Divulgação/CNJ
A Justiça do Maranhão condenou André Lima de Sousa, conhecido por ‘Giberlan’ a 12 anos de prisão em regime fechado, pelo estupro de uma criança de oito anos no município de Bom Jardim, localizado a 275 km de São Luís.

De acordo com a denúncia feita pelo Ministério Público do Maranhão (MPMA), André Lima de Sousa era vizinho da menina que era paga por ele para realizar serviços domésticos na sua casa. Em depoimento, a menina alegou ter sido abusada por cinco vezes pelo acusado, quando os dois estavam sozinhos em casa ou ela enquanto ela dormia.

A vítima também relatou em depoimento que chegou a ser obrigada a praticar sexo com ele, após ter sido perseguida pelo acusado. A menina disse que chegou a ser arrastada para um matagal e foi ameaçada. Laudos expedidos pelo Instituto Médico Legal (IML) e que foram anexados na denúncia do MPMA, apontam sinais de violência sexual na criança.

Segundo a sentença do juiz Bruno Barbosa Pinheiro, André Lima de Sousa ainda terá que pagar uma indenização pelos danos causados à vítima.

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Rádio do seu Coração