quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Moradores de Bom Jardim tinham intenção de agredir o assassino da jovem universitária Thays Andrade, Daniel Santos Sousa, durante a reconstituição do crime, nesta quarta-feira (21).


O acusado, réu confesso, estrangulou a vítima na madrugada de segunda-feira (19) depois tentar estuprá-la na residência onde ela morava.

Daniel foi preso na terça feira (20) e levado para a Delegacia de Santa Inês.

Na tarde de ontem, quando a Polícia Civil o levou de volta a Bom Jardim para a reconstituição do crime, populares ficaram revoltados e chegaram a sugerir que policiais o deixassem sair à rua para ser linchado.


0 comentários:

Postar um comentário