quinta-feira, 6 de junho de 2019
Com exclusividade, Roberto Cabrini conversou com a modelo Najila Trindade Mendes de Souza, que acusa Neymar de estupro durante uma viagem a Paris, em maio deste ano.
Ela afirmou, em entrevista ao SBT Brasil, que pediu para o jogador parar o ato sexual, mas que ele não parou.
“Ele me virou, cometeu o ato, e eu pedi para ele parar. Enquanto ele cometia o ato, ele continuava batendo na minha bunda violentamente. Eu virei depois, tudo muito rápido, em questão de segundos, depois me virei. Eu falei ‘para, para, não’. Eu falei. Ele não se comunicava muito, ele só agiu”, disse.
Veja:

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Rádio do seu Coração