sexta-feira, 21 de junho de 2019


Uma senhora de 81 anos identificada como Francisca das Chagas Oliveira foi encontrada por vizinhos com feridas na pele e muito doente na cidade de Vargem Grande, a 120 km de São Luís.

Segundo os órgãos de Justiça que atuam na defesa dos idosos, há quatro meses ela foi deixada por uma filha na casa de uma sobrinha, que abandonou a idosa. As duas estão sendo procuradas e podem responder por abandono de incapaz, maus-tratos e tortura.Segundo a coordenadora do Centro Integrado de Apoio e Prevenção à Violência da Defensoria Pública do Maranhão, Isabel Lopizic, a idosa está em estado grave na ala vermelha do hospital Socorrão II, em São Luís, e corre o risco de morrer.”Há risco de morte porque ela chegou bastante debilitada e com úlceras de pressão acentuada, fétida e com formigas”

Denúncias

As denúncias de violência contra idosos podem ser feitas à rede de proteção formada pela Delegacia do Idoso, Ministério Público Estadual, órgãos independentes e na Defensoria Pública do Estado, onde um centro de proteção do idoso dá orientação gratuita, além de oferecer visitas.

Na Promotoria do Idoso, três mil denúncias de maus-tratos contra idosos já foram recebidos entre 2018 e 2019 em São Luís. Fora as denúncias, 200 idosos já foram resgatados e levados para instituições de longa permanência. A maioria era vítima da violência familiar.

“90% das violências acontece dentro de casa, praticadas por filhos, por netos ou por pessoas que estão em volta, como vizinhos”, declarou o promotor Augusto Cutrim.

G1 MA

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Rádio do seu Coração