sábado, 25 de agosto de 2018
Desembargadora alega que Gago não tem condições físicas e mentais de comandar a prefeitura por consequência de sequelas de um AVC..





Mais uma vez Indalécio Wanderlei Viera Fonseca, o Gago, do PT, prefeito do município de Governador Nunes Freire, foi afastado do cargo. Desta vez, por determinação da desembargadora Nelma Celeste Souza Silva Sarney Costa.

Gago tinha retornado ao cargo no inicio do mês por decisão do desembargador Luiz Gonzaga Almeida Filho, que reconsiderou sua decisão anterior e determinou que Gago reassumisse o comando da cidade.

Indalécio sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) em outubro de 2017 e tirou licença para tratar da saúde por seis meses. Mas quando reassumiu o cargo em maio deste ano, o vice-prefeito Josimar alegou que ele não tinha condições físicas para voltar ao cargo, e o Ministério Público propôs o afastamento até que o prefeito passasse por exames médicos, que chegaram a ser agendados e depois adiados a pedido do próprio vice-prefeito.

Em vídeo, assista a íntegra abaixo, Gago avaliou a decisão da Desª. Nelma (relatora substituta do processo) como absurda. “Esse retrocesso da justiça do Maranhão vai ser revisto o mais rápido possível”, disse o gestor.

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Rádio do seu Coração