sexta-feira, 6 de maio de 2022

Piso da Enfermagem: Deputado Zé Carlos(PT) e mais três do MA se ausentaram de votação; veja quem votou a favor

 

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (4), por 449 votos a 12, a criação do piso salarial de enfermeiros, técnicos de enfermagem e parteiras (PL 2564/20). A proposta deve seguir para sanção presidencial, mas ainda depende de acordo sobre fontes de financiamento.

A bancada do Novo orientou pela rejeição do projeto. A posição do Novo, porém, foi isolada: todos os demais partidos orientaram a favor do projeto. Na orientação de bancadas, a do governo foi a única a orientar contra. O filho do presidente Bolsonaro, Eduardo Bolsonaro (PL-SP), foi um dos 12 que votaram contra.

No caso do Maranhão, o deputado Zé Carlos, do PT, se ausentou junto com três deputados da base do presidente Bolsonaro: Junior Lourenço, Gildenemyr, do PL, e Edilázio Jr. (PSD). Alguns para não terem que votar ‘não’, preferiram se ausentar.

O projeto aprovado pelos deputados define como salário mínimo inicial para os enfermeiros o valor de R$ 4.750, a ser pago nacionalmente pelos serviços de saúde públicos e privados. Nos demais casos, haverá proporcionalidade: 70% do piso dos enfermeiros para os técnicos de enfermagem; e 50% para os auxiliares de enfermagem e as parteiras.

Abaixo, a lista dos deputados maranhenses que votaram favoráveis ao projeto.

0 comentários:

Postar um comentário

Curta a Página do Blog do Neto Weba


NAVEGUE COM A MELHOR INTERNET

CUIDE DO SEU SORRISO

CUIDE DO SEU SORRISO