sexta-feira, 6 de maio de 2022

Feminicídio – 20 mulheres já foram assassinadas este ano no Maranhão


Pelo menos 20 assassinatos de mulheres, vítimas de feminicídio, foram registrados no Maranhão este ano. Número assustador e que choca pela crueldade dos casos.

O mais recente ocorreu na última terça-feira (3), em uma pousada, na Madre Deus, em São Luís, quando uma jovem, chamada Celcilene Santana, foi executada a facadas com muita crueldade. O principal suspeito é um ex-namorado.

Outro caso, que repercute muito, principalmente, nas redes sociais, é o da jovem Ianca Amaral que foi assassinada, no município de Dom Pedro, na noite do último sábado (30), a tiros dentro de casa, tendo como suspeito o marido que foi preso por determinação da Justiça.

A maioria das vítimas de feminicídio, no Brasil, tem entre 18 e 49 anos e os autores são homens que têm alguma relação com elas – maridos, ex-companheiros, companheiros, namorados, ex-namorados, pais, filhos, amigos. São recorrentes situações de violência doméstica e familiar em que há o rompimento do relacionamento e o autor não aceita o fim.

Em todo o ano de 2021, o Maranhão registrou o total de 56 casos de feminicídio.

Segundo a titular da Coordenadoria das Delegacias de Atendimento e Enfrentamento à Violência contra a Mulher (Codevim), delegada Kazumi Tanaka, o sistema de Segurança Pública do Maranhão trabalha em rede, a fim de que políticas públicas de enfrentamento à violência contra a mulher possam ser adotadas. Mas os casos crescem e têm gerado muita indignação.

0 comentários:

Postar um comentário

Curta a Página do Blog do Neto Weba


NAVEGUE COM A MELHOR INTERNET

CUIDE DO SEU SORRISO

CUIDE DO SEU SORRISO