sábado, 14 de maio de 2022

Dois homens são presos por estupro de vulnerável em São Luís; um deles estuprava as próprias filhas


Policiais da Delegacia de Proteção da Criança e ao Adolescente (DPCA), com apoio da Diretoria de Inteligência e Assuntos Estratégicos (DIAE), deram cumprimento, na quinta (12) e nesta sexta-feira (13), a dois mandados de prisão preventiva contra os homens de iniciais E.C.N.F e A.A.P., investigados pela prática de estupro de vulnerável.

As investigações apontam que A.A.P. vinha abusando sexualmente de, ao menos, três vítimas, todas com menos de 14 anos.

As meninas frequentavam a casa do abusador, onde os estupros ocorriam. Ele era “amigo” das famílias das vítimas.

Ainda segundo a polícia, E.C.N.F abusava sexualmente de suas próprias filhas, todas com menos de 14 anos, de modo reiterado.

Responsável pelas investigações, a delegada Bianca Almada Lima, ressalta as prisões fazem parte da campanha Maio Laranja, onde são intensificadas as ações de combate ao abuso e violência sexual infantil.

Ainda segundo a delegada, nos casos em que as mães das vítimas têm conhecimento dos crimes e permanecem omissas diante da situação, também serão responsabilizadas civil e penalmente.

Após as formalidades legais, os autuados foram encaminhados ao Complexo Penitenciário, onde ficarão à disposição da Justiça. As investigações seguem em segredo de justiça.

Os presos responderão por crime de estupro de vulnerável, previsto no Art. 217-A do Código Penal (ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 anos. Pena – reclusão, de 8 a 15 anos).

0 comentários:

Postar um comentário

Curta a Página do Blog do Neto Weba


NAVEGUE COM A MELHOR INTERNET

CUIDE DO SEU SORRISO

CUIDE DO SEU SORRISO