sexta-feira, 29 de abril de 2022

Cara do governo Brandão é a da política que atrasou o Maranhão por 50 anos


A imagem ilustra o “novo” governo que está administrando o Maranhão. O atual governador Carlos Brandão (PSB) está ladeado de figuras que representam o que há de mais atrasado e arcaico na política maranhense.

O Secretário de Estado de Planejamento e Orçamento, Luís Fernando Silva. Ex-prefeito de São José de Ribamar durante os mandatos de 2004 a 2012 e voltou em 2016. Renunciou duas vezes para seguir outros projetos e abandonou os ribamarenses e seu próprio grupo político.

O secretário de Estado de Projetos Especiais, José Reinaldo Tavares. Ele é ex-governador do Estado que mais se destacou pela desavenças da ex-primeira-dama com Roseana Sarney do que por qualquer política pública.

Na Casa Civil está Sebastião Madeira, ex-prefeito de Imperatriz, que tentou voltar na última eleição, ficando em terceiro lugar no pleito. Ele perdeu a confiança do povo e julgou que sua gestão não deveria voltar.

Esses são os “homens fortes” do atual governo do estado.

Quando Flávio Dino se elegeu em 2014 prometeu mudanças, renovação e um novo momento para o estado que viveu 50 anos sob a égide de uma oligarquia perversa. O que vemos agora é justamente as figuras que estiveram nesta oligarquia e representam todo o atraso da política coronelista de volta ao centro do poder.

0 comentários:

Postar um comentário

Curta a Página do Blog do Neto Weba


NAVEGUE COM A MELHOR INTERNET

CUIDE DO SEU SORRISO

CUIDE DO SEU SORRISO