domingo, 27 de março de 2022

Pesquisa Exata: Weverton lidera para governador do Maranhão


O senador Weverton lidera todos os cenários para governador do Maranhão nas eleições 2022 aponta pesquisa realizada pelo instituto Exata divulgada neste sábado,26, pela TV Difusora.

Em um cenário com todos os nomes que disputam o cargo, o pedetista aparece com 22% das intenções de voto, seis pontos à frente do segundo colocado, o vice-governador Carlos Brandão, que aparece com 16%. 

Na terceira posição tem o senador Roberto Rocha, com 13%, seguido do ex-prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, com 12%; do prefeito de São Pedro dos Crentes, Lahesio Bonfim, com 10%; do deputado federal Josimar do Maranhãozinho com 6%; e do ex-secretário estadual Simplício Araújo com 2%. Hertz Dias tem menos de 1% de intenções de votos. Segundo a pesquisa, 8% dos eleitores pensam em votar em branco ou anular o voto e 10% não sabem em que votar ou não responderam.

Nos demais cenários, com menos pré-candidatos testados, a diferença entre Weverton e os demais nomes aumenta.

Em um cenário sem Josimar do Maranhãozinho, Simplício Araújo e Hertz Dias, Weverton teria 25%; Brandão, 17%; Roberto Rocha, 14%; Edivaldo Holanda Jr, 13%; e Lahesio Bonfim teria 11%.

Sem Roberto Rocha, Weverton subiria para 31%; Carlos Brandão oscila na margem de erro para 19%; Edivaldo teria 15%; e Lahesio, 13%

Em uma disputa contando apenas com Weverton, Carlos Brandão e Edivaldo Holanda Júnior, Weverton é citado por 35% dos entrevistados. Brandão aparece com 22% e Edivaldo Holanda com 17%.

Senador – O instituto Exata também quis saber em que os eleitores pensam em votar nas eleições deste ano. Se as eleições fossem hoje, Flávio Dino teria 51% dos votos, Roberto Rocha teria 20%, Edivaldo Holanda Júnior, 10%. Saulo Arcangeli, Paulo Romão e Antônia Cariongo teriam 1%, cada um. Não sabem ou não responderam 7% dos eleitores e 9% disseram que votariam em branco ou nulo.

Se apenas Flávio Dino e Roberto Rocha concorressem ao Senado, Flávio teria 56% das intenções de voto e Roberto Rocha teria 27%. Brancos e nulos somariam 11% e 6% não souberam ou não quiseram responder.

Num outro cenário de disputa, com Dino e Edivaldo Holanda Júnior, o governador teria 57% e o ex-prefeito de São Luís teria 21%.

Rejeição - A pesquisa também aferiu a rejeição dos candidatos ao governo do estado e ao Senado

Para governador, Josimar do Maranhãozinho foi citado por 31% dos entrevistados. Carlos Brandão não receberia o voto de jeito nenhum de 19% dos eleitores. O ex-prefeito Edivaldo Holanda Jr foi citado por 17%. Simplício Araújo por 15%; Weverton Rocha, 14%; Roberto Rocha, 13%; Enilton Rodrigues, 11%; Lahésio Bonfim, 9%; e Hetrz Dias 9%. Não votariam em nenhum, 21% e 33% poderiam votar em qualquer um deles. Não sabem ou não responderam somaram 9%.

Para o Senado, Paulo Romão não receberia o voto de jeito nenhum de 24% dos entrevistados; Flávio Dino, Saulo Arcangeli e Antônia Cariongo têm a rejeição de 22% dos entrevistados, cada um. Roberto Rocha foi citado por 18% e Edivaldo Holanda Júnior por 15%. Outros 27% disseram que poderiam votar em todos e 24% não votariam em nenhum dos nomes apresentados. Não sabem ou não responderam somaram 11%.

A pesquisa da Exata, registrada no TSE com o número MA-02272/2022, ouviu 1.400 pessoas entre os dias 15 e 19 de março e tem uma margem de erro de 3,44 para mais ou para menos.

0 comentários:

Postar um comentário

Curta a Página do Blog do Neto Weba


NAVEGUE COM A MELHOR INTERNET

CUIDE DO SEU SORRISO

CUIDE DO SEU SORRISO