sexta-feira, 22 de outubro de 2021

Menino de dois anos que contraiu vírus da raiva segue em estado grave no Maranhão


Povoado de Santa Rita, em Chapadinha — Foto: Divulgação/Governo do Maranhão

Criança foi mordida por um animal silvestre em Chapadinha; Médicos que atenderam o menino foram afastados.

Segue em estado gravíssimo, em São Luís, uma criança de dois anos que contraiu o vírus da raiva no Povoado de Santa Rita Chapadinha, em Chapadinha, a 250 km da capital maranhense. Segundo a Secretária de Saúde do município, os médicos que atenderam o menino foram afastados.

De acordo com a família da criança, houve negligência por parte dos médicos durante o atendimento. Segundo Richard Wilker, secretário de saúde de Chapadinha, o coerente é afastamento dos médicos para que tudo seja apurado.

O avó da criança, Zacarias Vale ficou frente a frente com a raposa que teria mordido o bisneto. Eu a vi querendo saltar em mim, nunca tinha visto uma, vi de perto para contar a verdade”, disse.

Além do registro de raposas, a região também está infestada de morcegos, que sugam os sangues dos animais e assombram os moradores à noite, dentro de casa, moradas cobertas de palha e quase sempre sem portas e janelas.

O agente comunitário de Saúde, Carlos Farias, além de reforçar a vacinação dos animais, viaja km indo de casa em casa e orienta os moradores para as medidas de prevenção. “Quando for atacado, lavar com água e sabão e ser levado imediatamente para o hospital”, disse.

Esse é o primeiro caso da doença registrado após oito anos no Maranhão. Antes, em 2013, os últimos dois casos foram notificados nos municípios de Humberto de Campos e São José de Ribamar.

0 comentários:

Postar um comentário


NAVEGUE COM A MELHOR INTERNET

CUIDE DO SEU SORRISO

CUIDE DO SEU SORRISO