sexta-feira, 2 de julho de 2021

Rubens Jr. pede que auxiliares do governo monitorem prefeitos


Por Gilberto Leda

O secretário de Estado da Articulação Política do governo Flávio Dino (PSB), deputado federal Rubens Júnior (PCdoB), solicitou ontem (1º), durante reunião com seus superintendentes regionais de articulação política, que estes monitorem prefeitos e deputados no interior do Maranhão.

Segundo ele, os auxiliares devem levantar “quem é o prefeito que fala bem da gente, e quem fala mal” e também produzir informações sobre o desempenho político de deputados, do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e até mesmo do governador, que disputará o cargo de senador em 2022.

“A gente não pode monitorar só o governo, a gente tem que monitorar também a política. Quem é o o prefeito que tá do lado da gente, e quem não tá; quem é o prefeito que fala bem da gente, e quem fala mal. Porque, para mim, todos falam bem? Ele vão falar mal para mim? Mas para vocês eles falam a verdade”, destacou.

E completou: “Esse monitoramento político ninguém no Maranhão tem condições de levantar melhor do que vocês”.


Em outro momento, ele defendeu que os superintendes ajudem o governo a manter-se forte, para evitar traições de aliados.

“Quanto mais forte estiver o Flávio Dino, maior é a chance de a gente ganhar a eleição no ano que vem, o Flávio ser senador, os nossos aliados que estão doidos para passar a rasteira na gente vão ficar tudo quietinho e, o mais importante, o governo que melhora a vida das pessoas vai continuar, que essa é a nossa tarefa principal”, declarou o titular da Secap, dentro do Edifício João Goulart, sede de várias secretarias do governo.

O caso lembrou muito a denúncia de monitoramento e espionagem de adversários políticos do governador Flávio Dino que veio à tona às vésperas das eleições de 2018 (relembre aqui).

0 comentários:

Postar um comentário

CUIDE DO SEU SORRISO

CUIDE DO SEU SORRISO

Internet de Qualidade