segunda-feira, 28 de junho de 2021

Lázaro foi encontrar ex-esposa e ex-sogra, diz secretário de segurança


Em coletiva na manhã desta segunda-feira (28/6), Rodney Mirando afirmou que as mulheres estão sendo ouvidas. Lázaro teria ameaçado atirar no rosto dos policiais.


Rodney Miranda disse que as investigações continuam para saber se havia uma organização criminosa por trás de Lázaro - (crédito: Ed Alves/CB/ DA Press )


O secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, afirmou que Lázaro Barbosa de Sousa, antes de ser preso e morrer na manhã desta segunda-feira (28/6), foi até a casa da ex-esposa e da ex-sogra. Segundo o secretário, as duas estão prestando depoimento sobre o caso e, até o momento, não foram presas.

Lázaro foi capturado por volta das 9h50 e o confirmação da morte veio cerca de dez minutos depois. “Ele foi para se encontrar com elas (ex-esposa e ex-sogra). Nós estávamos monitorado e tentamos pegá-lo ali. Ele chegou a ameaçar policiais e dizer que se fossem atrás dele na mata iria dar tiro na cara”, detalhou Miranda durante coletiva.

Quando Lázaro fugiu para a mata, as forças de segurança foram atrás e trocaram tiros. “Ele descarregou uma pistola contra os policiais. Com o esforço dessas forcas conjuntas, sem vaidade, impedimos ele que fugisse ou fizesse outras vítimas”, completou Miranda.

Para o secretário, a investigação não acabou, mas a população de Cocalzinho de Goiás e cidades vizinhas poderão voltar à normalidade. “As investigações não acabam aqui, mas o principal que seria o empresário (Elmi Caetano), que é chefe e líder da organização, e o psicopata (Lázaro Barbosa), não são mais problemas. Os chacareiros e a população daqui vão reestabelecer sua normalidade”, completou.

Via Correio Brasiliense

0 comentários:

Postar um comentário

CUIDE DO SEU SORRISO

CUIDE DO SEU SORRISO

Internet de Qualidade