quinta-feira, 3 de junho de 2021

Capa da Economist mostra estátua do Cristo Redentor com oxigênio no nariz


A capa da edição da revista britânica Economist publicada nesta 5ª feira (3.jun.2021) traz a imagem a estátua do Cristo Redentor no Rio recebendo oxigênio e o título: “Brazil’s dismal decade“, que se traduz por “A década sombria do Brasil” (leia aqui, para assinantes). A revista traz uma reportagem especial sobre o país com a mesma imagem e a manchete “On the brink”, ou “À beira [do colapso]”. 

A revista afirma no texto que “o Brasil enfrenta sua pior crise desde a redemocratização em 1985”. Lista como desafios a serem superados como “estagnação econômica, ruína ambiental, regressão social e o pesadelo da covid-19”.

O presidente Jair Bolsonaro é retratado como responsável por ter piorado um quadro que era desfavorável antes mesmo da pandemia. “Com Bolsonaro como seu médico, o país está agora em coma”. A revista afirma que o presidente “abandonou” o apoio a reformas liberais propostas pelo ministro Paulo Guedes (Economia) que possam resultar na perda de votos para a reeleição. Não cita quais.

0 comentários:

Postar um comentário

CUIDE DO SEU SORRISO

CUIDE DO SEU SORRISO

Internet de Qualidade