quarta-feira, 5 de maio de 2021

Eliziane Gama bate boca com Ciro Nogueira após debate sobre participação feminina na CPI da Covid


A participação da bancada feminina na CPI da Pandemia voltou a gerar discussão nesta quarta-feira (5) durante reunião convocada para ouvir o ex-ministro da Saúde Nelson Teich.

Sem vaga formal no colegiado, as senadoras têm se revezado para fazer perguntas durantes as audiências. Logo após questionamentos do relator, Renan Calheiros (PMDB-AL), e do vice-presidente, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), o presidente da comissão, Omar Aziz (PSD-AM), deu espaço para perguntas da senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA), em nome das mulheres, mas senadores governistas se queixaram alegando que não há previsão para essa concessão no Regimento Interno do Senado.

A CPI tem 11 titulares e 7 suplentes, mas não tem nenhuma senadora.

Segundo Ciro Nogueira (PP-PI), não houve acordo para a participação da bancada feminina na CPI.

— Se foi um erro das lideranças não indicar as mulheres, a culpa não é nossa. [ …] As pessoas ficam querendo dar uma outra versão, como se a gente estivesse perseguindo as mulheres — disse Ciro.

Em resposta, a senadora Eliziane Gama disse não entender a resistência dos senadores.

— Só não entendo por que tanto medo das vozes femininas — apontou.

Depois disso, houve um bate-boca, e Gama reagiu: – “Vossa Excelência pensa que vai calar a gente?”, questionou a maranhense a Ciro Nogueira.

Veja o início da confusão com 1h50min de vídeo.


Na semana passada, uma discussão sobre a participação feminina na Comissão já havia suscitado um entrevero entre a própria Eliziane e o senador Flávio Bolsonaro


0 comentários:

Postar um comentário

CUIDE DO SEU SORRISO

CUIDE DO SEU SORRISO

Internet de Qualidade