domingo, 9 de maio de 2021

Artigo : Uma gestão que valoriza as pessoas

 



Por Felipe Camarão e Thiago Durans

A Secretaria de Estado da Educação (SEDUC) é um dos maiores órgãos do Estado e concentra prioridades de ações do Governo Flávio Dino, com uma política educacional de abrangência e resultados jamais vistos, na história maranhense, que é o ‘Escola Digna’. Enraizada no Maranhão com 19 Unidades Regionais de Educação, o seu objetivo é levar o ensino e a aprendizagem às salas de aula, nos diversos municípios e povoados. Contudo, para que este alvo seja alcançado com presteza, é imprescindível que haja uma boa distribuição da equipe administrativa, a efetiva alocação de professores nas escolas e equipes gestoras solidamente alinhadas com a administração central da Secretaria.

Desde o início de seu primeiro mandato, o governador Flávio Dino tem mostrado digna preocupação com os servidores e servidoras da SEDUC, valorizando, financeiramente, as carreiras e ofertando melhores ambientes de trabalho. Destaca-se o salário dos professores efetivos, hoje, entre os melhores do Brasil. Notadamente, em 2019, a área de gestão de pessoas da Secretaria iniciou um processo de reconfiguração, que viria, mais tarde, culminar com um modelo mais estruturado, gerencialmente organizado, para suportar a célere transformação educacional pela qual passa o Estado. Após um intenso estudo do organograma interno da Educação, o setor responsável por essa área, que, antes, era gerido por uma superintendência, foi elevado ao nível de Secretaria Adjunta. Do ponto de vista organizacional, elevou-se, hierarquicamente e estrategicamente, a importância dos temas relativos à gestão de pessoal. Como fruto dessa mudança estrutural, nasceu a SAGEP – Secretaria Adjunta de Gestão de Pessoas, que fortaleceu os temas relativos às pessoas, melhorou a estrutura interna da equipe e abriu possibilidades de importantes mudanças nas rotinas de trabalho.

Durante muito tempo, ouvíamos falar “no setor de recursos humanos”. Um termo que já foi questionado por diversos autores e especialistas que defendem a ideia de que as pessoas não são propriamente recursos. Por outro lado, o termo “gestão de pessoas” sugere que as pessoas são os ativos mais valiosos de um órgão e eleva a sua importância como tema de gestão. Dessa forma, o antigo “recursos humanos”, responsável apenas pela folha de pagamento da empresa (pública ou privada), agora, torna-se responsável por muitas outras atribuições de cunho técnico e organizacional.

Na SEDUC, nosso foco com a SAGEP tem sido garantir a correta distribuição dos mais diversos profissionais nos setores administrativos e, principalmente, no chão das escolas. Trabalhamos para assegurar a fluidez nos processos seletivos para a contratação temporária de professores e coordenação de políticas de formação e educação continuada. Realizamos, também, a gestão da folha de pagamento; cadastro e movimentação funcional de servidores; gestão dos processos de aposentadoria; e deferimento de licenças e afastamentos. Atuamos, sistematicamente, com outros setores da Casa e com parceria institucional com outros Órgãos e Secretarias de Estado, visando ao correto funcionamento da estrutura educacional, que envolve um universo com mais de 30 mil matrículas e quase 300 mil estudantes.

O renomado autor de diversas obras, na área de gestão, professor Idalberto Chiavenato, ressalta que “a gestão de pessoas tem sido a responsável pela excelência das organizações e pelo aporte de capital intelectual que simboliza, mais do que tudo, a importância do fator humano em plena Era da Informação”. É neste sentido que SAGEP vem desenvolvendo o seu valoroso trabalho.

A cultura de trabalho, que vem sendo criada, aponta para o uso de tecnologias de informação e de gerenciamento dos resultados, em todas as equipes ligadas à área de gestão de pessoas da Secretaria. Com a implementação do Sistema de Gestão de Pessoas (SIGEP), a SEDUC dispõe, atualmente, de todo o mapeamento dos profissionais da Rede Pública Estadual de Ensino e pode, com isso, realizar o controle de lotação dos servidores em escolas e setores administrativos. Possibilita, também, a gestão de outros processos ligados à gestão de pessoas e à visualização de relatórios gerenciais que dão suporte à gestão e tomada de decisão.

A Secretaria Adjunta de Pessoas está caminhando para um futuro de mudanças, em que a colaboração, a adaptabilidade, a inovação, a modificação da cultura organizacional e novos comportamentos de liderança serão basilares. Cabe ressaltar que o período pandêmico da COVID-19 nos apresentou um novo cenário, quando reinventar-se foi determinante para mantermos vivos os procedimentos ligados à Gestão de Pessoas. E, a partir desse contexto desafiador, no qual todos nós estamos inseridos, novas formas de relação entre as pessoas surgiram e novos modelos de trabalho, que nos fizeram repensar valores indispensáveis para transformar os problemas em soluções, a solidariedade e o amor ao próximo.


0 comentários:

Postar um comentário

CUIDE DO SEU SORRISO

CUIDE DO SEU SORRISO

Internet de Qualidade