quinta-feira, 29 de abril de 2021

Pai e mãe levavam a própria filha para estuprador em troca de bebida e dinheiro no MA


A Polícia Civil deu cumprimento, na manhã de ontem, a três mandados de prisão temporária contra envolvidos em estupro de vulnerável, favorecimento à prostituição, abandono material e maus tratos a crianças. As prisões ocorreram no povoado Juçara, na zona rural de Buriti Bravo, a 500 km de São Luís.

Segundo informações da polícia, os próprios genitores da vítima, de 11 anos, levavam a criança para a residência do autor do estupro, onde os atos bárbaros aconteciam. Em troca, os pais recebiam dinheiro para o consumo de bebida alcoólica.

Além da vítima dos estupros, residia na casa outras quatro crianças, entre 2 e 9 anos, que passaram por todo tipo de maus tratos e abandono por parte dos pais.

Foram presos o estuprador e os pais da criança.

Participaram das diligências policiais civis de São João dos Patos, Passagem Franca e Buriti Bravo. As investigações continuam, pois existe a suspeita de que outras duas filhas dos autores também foram aliciadas. 

0 comentários:

Postar um comentário