sexta-feira, 26 de março de 2021


 

Em entrevista coletiva remota por vídeo conferência realizada nesta manhã, no Palácio dos Leões, na qual tratou da situação do novo coronavírus no Maranhão, o governador Flávio Dino (PC do B) anunciou a liberação do funcionamento de bares e restaurantes a partir da próxima segunda-feira (29).

Estes estabelecimentos comerciais, assim como academias de ginástica, por exemplo, deverão operar presencialmente com apenas 50% da sua capacidade. O comunista não deixou claro se o serviço de música ao vivo poderá ser oferecido.

Festas e eventos de qualquer natureza continuam proibidas por mais uma semana.

O funcionamento do comércio continuará sendo das 9h às 21h.

Unidades de ensino privadas, a partir de segunda, poderão promover o ensino híbrido.

As aulas na rede estadual de ensino, no entanto, permanecerão sendo ministradas de forma remota.

O expediente presencial nos órgãos estaduais, com exceção dos serviços essenciais, continuará suspenso por mais sete dias.

Dino anunciou a criação de novos auxílios para profissionais dos setores do turismo e eventos.

Um valor de R$ 600 será destinado para guias turísticos e R$ 1 mil para empresas que operam na atividade e que estejam cadastradas no CadasTur.

Um valor de R$ 600 também será destinado para garçons, bartender, decoradores, floristas, doceiros, cozinheiros, cerimonialistas e DJ,s. Estes profissionais deverão comprovar terem trabalhado no período compreendido entre 11 de março de 2019 a 11 de março deste ano.

Flávio Dino também disse que criará o auxílio gás e o auxílio combustível.

O primeiro beneficiará com botijões de gás cerca de 115 mil famílias carentes inscritas no chamado CadÚnico.

Já o auxílio combustível terá valor variando entre R$ 60 a R$ 300, dependendo do tamanho da população do município.

Ele beneficiará, por um período de dois meses, taxistas, mototaxistas e motoristas de aplicativos.

0 comentários:

Postar um comentário