segunda-feira, 11 de janeiro de 2021

Campanha nas redes sociais contra preço de carne bovina ganha força no interior do Maranhão



A campanha intitulada de “#não compre carne, preço abusivo, quem manda no mercado é o consumidor” vem tomando conta das redes sociais, especialmente dos grupos de WhatsApp de várias cidade da Baixada maranhense e cidades do Litoral Ocidental. Em Cururupu, a campanha tomou força na manhã desta segunda-feira (11), e já foi compartilhada por diversos grupos de WhatsApp na região.

A ideia dos idealizadores da campanha é chamar atenção para o alto preço do quilo da carne bovina na região, considerada abusiva pelos consumidores.

Cidades como Serrano do Maranhão, Bacuri e Apicum-Açu, todas localizadas no Litoral Ocidental do Maranhão, a exemplo de Cururupu, também aderiram a campanha por meio das redes sociais, e esperam que os preços do alimento sofra alguma sedução. Na prática é difícil saber se terá eficácia a campanha, afinal, existe várias razões para que o preço da carne bovina esteja as alturas, por outro lado, não há duvida, que a mobilização tem a capacidade de chamar atenção não apenas dos consumidores, mais também das autoridades e juntas, posam buscar meios de reduzir o preço desse importante alimento para a população.

Cidades como Pinheiro, Matinha, Viana, Arari e Vitória do Mearim, são algumas das cidades da baixada maranhense onde a campanha tem se intensificado, segundo relatos, nessas cidades o valor do quilo da carne foi reduzido, informação essa não confirmada pelo setor frigorífico.

Está na hora dos moradores das cidades da região do Litoral Oeste do Estado aderirem a esta campanha.

0 comentários:

Postar um comentário

CUIDE DO SEU SORRISO

CUIDE DO SEU SORRISO

Internet de Qualidade